Assinar
Ambiente

Centro de Interpretação e Educação Ambiental nasce em Alcobaça

Projeto envolve a Universidade de Coimbra e visa preservar o património natural do concelho e apresenta-se com “caráter inovador e distintivo”.

Novo projeto está instalado na Estufa 1 do Parque Verde de Alcobaça. A inauguração foi dia 15 de julho Foto: CMA

A Estufa 1 do Parque Verde de Alcobaça recebe desde 15 de julho o Centro de Interpretação e Educação Ambiental, um projeto resulta da parceria entre o município e a Universidade de Coimbra.

O novo espaço está dotado de condições estruturais para a realização de atividades de cariz educacional, investigacional e formativo e encontra-se em linha com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, avança a Câmara de Alcobaça em comunicado, em que se sublinha o “caráter inovador e distintivo” do projeto, pensado para o “bem-estar, saúde, educação e prosperidade dos cidadãos, potenciada pela sua qualidade ambiental”.

“Este é um passo significativo para estreitar as relações entre as duas instituições, reforçando a presença da Universidade de Coimbra no nosso concelho, mas sobretudo para criar as condições para a nossa comunidade escolar trabalhar diversos temas relacionados com o ambiente e com a valorização do património natural”, disse na inauguração o vereador do Ambiente da autarquia.

Hermínio Rodrigues defende que o concelho de Alcobaça “é todo ele dotado de um imenso património natural que importa preservar”, uma missão que o novo centro de interpretação cumprirá, com ações que vão envolver alunos e professores “ao longo dos próximos anos”.

“Este é o espaço ideal para desenvolver esse trabalho. Esperamos que este seja um espaço de conhecimento e de aprendizagem para as nossas crianças e jovens”, acrescentou.

O vice-reitor da Universidade de Coimbra, Delfim Leão, lembrou na cerimónia de abertura a ligação da instituição a Alcobaça, “algo que a Universidade sempre procurou relevar”, integrando o novo centro “um lote de projetos que estão a ser maturados em conjunto com a câmara para trazer mais-valias para ambas as partes”.

No lançamento do Centro de Interpretação e Educação Ambiental foi apresentada a exposição fotográfica “Entre Rio e Mar – registo de habitats em mudança”, integrada no Programa da Bandeira Azul 2021, e enquadrada no tema deste ano: “Recuperação de Ecossistemas”.

A exposição tem entrada livre e estará em exibição entre até 15 de setembro no Centro de Interpretação e Educação Ambiental do Concelho de Alcobaça, com extensões no Edifício do Turismo de São Martinho do Porto e na Biblioteca de Praia das Paredes da Vitória. A entrada é livre.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.