Assinar
Leiria

PJ detém suspeito de atear incêndio florestal na Bajouca

O indivíduo terá agido “na sequência de desavenças familiares motivadas pela posse de propriedades”, segundo a PJ

O incêndio que deflagrou no passado dia 28 de agosto num eucaliptal da freguesia da Bajouca, concelho de Leiria, terá sido ateado intencionalmente.

O Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária deteve o presumível autor, um homem de 55 anos, em cumprimento de um mandado de detenção emitido pelo DIAP de Leiria.

Segundo a PJ, o indivíduo terá ateado o fogo “numa zona de eucaliptos integrada numa significativa mancha florestal, na sequência de desavenças familiares motivadas pela posse de propriedades”.

“O incêndio foi prontamente combatido por populares e teria proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos meios de combate”, acrescenta aquela força policial em comunicado.

O arguido foi presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial tendo ficado proibido de contatos e sujeito a termo de identidade e residência.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.