Assinar


Bombarral

Português detido na Alemanha é extraditado para cumprir pena por crimes sexuais cometidos no Bombarral

O homem foi condenado pela prática dos crimes de sequestro, pornografia de menores, atos sexuais com adolescentes, abuso sexual de crianças e violação.

Faixa da Polícia Judiciária

Um português de 36 anos, detido na Alemanha, foi extraditado para o território nacional, para cumprimento de uma pena de dez anos de prisão pela prática de crimes sexuais em Portugal, no Bombarral, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

“A extradição surge na sequência da prática dos crimes de sequestro, pornografia de menores, atos sexuais com adolescentes, abuso sexual de crianças e violação, agravados, cometidos no ano de 2010 na zona do Bombarral [distrito de Leiria], sobre duas vítimas do sexo feminino, menores de idade”, lê-se no comunicado.

A PJ adianta que a extradição do cidadão português, detido recentemente na Alemanha, em cumprimento de um mandado de detenção europeu, foi operacionalizada através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria e da Unidade de Cooperação Internacional.

A PJ deslocou-se à Alemanha, “onde o detido lhe foi entregue pelas autoridades alemãs, tendo custodiado o seu transporte e guarda até território nacional, bem como a entrega do mesmo, aos Serviços Prisionais, para cumprimento de pena de dez anos de prisão em que foi condenado”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.