Assinar


Leiria

Deputado Hugo Oliveira candidata-se à Distrital do PSD para reafirmar Leiria

As eleições estão marcadas para o dia 13 de novembro e não há, por agora, mais listas candidatas.

O deputado Hugo Oliveira apresentou hoje a sua candidatura à liderança da Comissão Política Distrital do PSD de Leiria, com o objetivo de reafirmar o distrito a nível nacional e internacional.

Reafirmar Leiria no contexto nacional, interna e externamente, reconquistar a sociedade civil e os militantes e formar quadros são algumas das prioridades apresentadas hoje por Hugo Oliveira.

“Um partido aberto à sociedade civil é provavelmente a expressão mais usada em candidaturas partidárias. Nós preferimos dizer que queremos um partido que se confunda, ou que se misture, com a sociedade civil”, adiantou o candidato, atual vice-presidente da Distrital de Leiria.

Este é o “ponto de partida de um partido que tem no seu ADN uma grande implantação nacional, onde o distrito de Leiria sempre ocupou lugar cimeiro de militância e reconhecimento por parte da população”.

Apesar de serem eleições interna do partido social-democrata, o candidato sublinhou que o desígnio será a “defesa dos interesses da população do distrito”.

O deputado na Assembleia da República afirmou ainda que tem como eixos prioritários a reestruturação dos modelos políticos e consequente afirmação do partido ao nível autárquico, a criação de um conselho consultivo, a melhoria da presença do partido nas redes sociais e na ‘web’ em geral e dar continuidade ao roteiro dos deputados, reunindo periodicamente em cada um dos concelhos do distrito.

Hugo Oliveira pretende ainda realizar um congresso distrital, “que permita recentrar as políticas que defendam o distrito de Leiria, “assumir com regularidade, posições públicas sobre matérias da vida política, económica, social e cultural do distrito” e “criar um ciclo de conferências sobre matérias relevantes para o desenvolvimento de Leiria no contexto nacional”.

Segundo o deputado, “os partidos têm a obrigação de perceber o porquê do grande crescimento dos movimentos independentes”, pelo que não se pode “colocar a cabeça na areia”.

“Temos que olhar, perceber e agir. Os partidos têm de se reinventar. Quis construir uma equipa nova, até com pessoas fora da estrutura habitual do partido. Não são só as pessoas que estão aqui fechadas que têm de dar o seu melhor. Tenho uma equipa diferente, nova, com a experiência, com as pessoas que estavam, mas também com pessoas novas que vêm dar um contributo para um PSD diferente”, salientou.

Esse PSD “diferente” “é capaz de ouvir e de se reestruturar e, acima de tudo, também de se reinventar”.

Para Hugo Oliveira, “isto não é um problema só do PSD, mas dos partidos” e é preciso “este grito de atenção de que é preciso mudar”.

“O desafio que temos pela frente é um desafio que a população se identifique connosco. Este sentimento de proximidade e ligação que o PSD sempre teve, queremos concretizar na nossa candidatura”, reforçou Hugo Oliveira.

Concorre à presidência da Mesa o atual líder da Distrital, Rui Rocha. Paulo Inácio, ex-presidente do Município de Alcobaça, é o candidato à liderança do Conselho de Jurisdição e João Cunha, ex-deputado da Assembleia Municipal de Leiria, encabeça a Comissão de Auditoria e Contas.

Para já, não há mais listas candidatas às eleições, que estão agendadas para o dia 13 de novembro.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.