Assinar
Marinha Grande

Prisão preventiva para suspeito de furto qualificado tentado na Marinha Grande

Detido em flagrante pela PSP, arguido já tinha sido condenado por vários crimes e cumprido pena de prisão.

Um homem, de 44 anos, suspeito de um crime de furto qualificado tentado na Marinha Grande, ocorrido na madrugada de quarta-feira, ficou em prisão preventiva.

O suspeito, que já tinha sido condenado por tráfico de estupefacientes, falta de habilitação legal para conduzir e furtos qualificados, tendo cumprido pena de prisão, terá tentado assaltar um estabelecimento de restauração e bebidas com recurso a duas chaves de fendas e um pé de cabra.

Segundo refere o Ministério Público na página Procuradoria da República da Comarca de Leiria, o indivíduo forçou e abriu a porta de entrada do estabelecimento com uma chave de fendas e tentou arrombar a máquina de tabaco para se “apoderar dos bens que continha”, nomeadamente 268,60 euros em dinheiro e 1.744 euros em tabaco.

Para tal, “introduziu o pé de cabra na parte lateral da mesma” que conseguiu abrir para retirar os maços de tabaco e o dinheiro da máquina. Rodavam as 4h30 quando foi “surpreendido pela presença de agentes da PSP” da esquadra da Marinha Grande, que responderam a uma denúncia. Procurou esconder-se na casa de banho, “onde veio a ser encontrado e detido”, adianta a mesma nota.

Presente ontem, quinta-feira, a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Leiria, o juiz de Instrução Criminal determinou que aguardasse em prisão preventiva o desenvolvimento do processo.

O inquérito é dirigido pelo Ministério Público da Unidade Local da Marinha Grande do Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Leiria, com a coadjuvação da PSP da Marinha Grande.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.