Assinar
Leiria

Bombeiros de Ortigosa anunciam adoção de ferramenta tecnológica para avaliar gravidade de ocorrências

A corporação revelou ser a primeira no concelho de Leiria a “fazer parte do projeto piloto iTeams”

Os Bombeiros Voluntários de Ortigosa, Leiria, passaram a contar com uma nova ferramenta de registo clínico, no âmbito de um projeto do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

A corporação revelou esta segunda-feira que o seu corpo de bombeiros é o primeiro no concelho de Leiria a “fazer parte do projeto piloto iTeams” do INEM.

O iTeams, INEM Tool for Emergency Alert Medical Syste, adianta uma explicação publicada pelo Ministério da Saúde, “ foi desenvolvido pelo INEM e consiste numa ferramenta de registo clínico e de suporte interativo entre o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) e os meios que estão no terreno, que permite estratificar a gravidade clínica das ocorrências e assim contribuir para uma regulação médica efetiva nas situações de maior gravidade”.

A corporação da Ortigosa anunciou passar a utilizar a ferramenta que permite “a transmissão em tempo real, dos dados clínicos obtidos no local, para a sua validação através dos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) – INEM e o melhor encaminhamento para o respetivo hospital de destino”.

Novo equipamento divulgado pela corporação Foto: BVO

Atualmente, avançam os Bombeiros Voluntários de Ortigosa, o sistema encontra-se já implementado, em algumas corporações portuguesas e nos meios próprios do INEM.

Os responsáveis da corporação adiantam pretender a “aquisição de mais equipamentos no futuro”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.