Assinar
Consultório RL

Hipotiroidismo: É importante e fácil diagnosticar, é fácil e barato tratar

O hipotiroidismo é, na grande maioria dos casos, uma doença crónica. Tem contudo tratamento com “ganhos muito importantes para a saúde”.

Alexandra Vieira
Endocrinologista
Leiria

Desfazer mitos

“Muitas pessoas acreditam que o hipotiroidismo está intimamente ligado à obesidade o que não é bem assim. Ou seja, existem pessoas magras com hipotiroidismo e pessoas obesas com hipertiroidismo. Acontece que o hipotiroidismo pode causar alguma retenção de líquidos, diminuir a predisposição para a prática de exercício e lentificar um pouco o metabolismo, o que pode levar a que haja algum aumento de peso, embora ligeiro. Quando o hipotiroidismo está controlado não influencia o peso

Qual a importância da hormona tiroideia para o organismo?

As hormonas tiroideias são fundamentais para o normal funcionamento do nosso corpo.

Que complicações podem resultar da produção reduzida da hormona tiroideia?

As complicações são várias e podem afetar vários órgãos e sistemas: depressão, diminuição da fertilidade, patologia cardíaca e pode até levar a coma se não for tratada.

Quais as principais causas do hipotiroidismo?

As causas mais frequentes são cirurgia da tiróide; doenças inflamatórias/imunológicas como as tiroidites; tratamento com iodo radioativo; certos medicamentos usados no tratamento da depressão, arritmias e cancro. A falta de TSH (thyroid stimulating hormone), que surge em certas doenças cerebrais, é uma causa rara de hipotiroidismo. Todas estas causas provocam diminuição das hormonas tiroideias: ou porque a glândula foi retirada ou porque foi lesada, com consequente incapacidade funcional, ou porque há bloqueio da produção das hormonas na glândula ou da sua libertação para o sangue, ou finalmente porque a tiróide deixou de ser estimulada pela TSH, esta última produzida pela hipófise.

Porque é que as mulheres são mais afetadas do que os homens?

Esta questão ainda não está totalmente esclarecida. Sabemos que as doenças autoimunes são mais comuns entre as mulheres, como é o caso da tiroidite autoimune crónica, a principal causa de hipotiroidismo. Sabe-se que a possibilidade de desenvolver tiroidite autoimune aumenta quando existe outra doença autoimune, as quais são também mais comuns nas mulheres.

Que sintomas podem indiciar hipotiroidismo?

Os sintomas podem ser mais ou menos evidentes, dependendo do grau do hipotiroidismo e do seu tempo de evolução. As queixas e sinais não são específicos da doença e podem ser muito diversas: cansaço, cabelo seco, queda de cabelo, pele pálida e rugosa, intolerância ao frio, dores ou cãibras musculares, dificuldade de concentração ou memorização, depressão, sonolência, aumento de peso, irregularidades menstruais, diminuição da fertilidade, diminuição da capacidade para o trabalho, obstipação (prisão de ventre) e em situações mais graves pode aparecer falência do coração (insuficiência cardíaca) e mesmo coma.

É possível prevenir?

A ingestão adequada de iodo (mas não excessiva) pode prevenir ou atrasar o seu aparecimento, principalmente quando a causa do hipotiroidismo não é autoimune. Os alimentos mais ricos em iodo são: sal iodado, alimentos que provêm do mar (algas, marisco e peixe), leite e derivados, cereais, ovos e alguns pães.

O tratamento é apenas farmacológico?

O tratamento do hipotiroidismo faz-se com comprimidos de tri-iodotironina (T3) ou de tiroxina (T4), mas esta última é geralmente a preferida e a única disponível em Portugal. É importante e fácil diagnosticar o hipotiroidismo, é fácil e barato tratar e tem ganhos muito importantes para a saúde.

O hipotiroidismo tem cura?

Por vezes, o hipotiroidismo pode ser transitório e só nesses casos o tratamento não é para toda a vida. Na grande maioria dos casos, é uma doença crónica.

Artigo publicado originalmente na Revista da Saúde 2021, publicada com a edição de 22 de abril de 2021 do REGIÃO DE LEIRIA e onde pode encontrar esclarecimentos de especialistas sobre outros temas

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.