Assinar
Cultura

Alcobaça vibra com nova edição de Gravíssimo!

Entre hoje, 25 de julho, e sábado, dia 30, há quatro concertos com alguns dos maiores especialistas nacionais e internacionais em trombone, tuba e eufónio.

Rubén da Luz é um dos convidados desta edição de Gravíssimo! Gravíssimo

A 12ª edição do festival internacional de metais graves – Gravíssimo! está de volta a Alcobaça após dois anos de interregno, com um conjunto de concertos com nomes grandes da tuba, eufónio e trombone.

Entre os convidados desta edição, estão Jim Self – colaborador do histórico compositor John Williams, que encarnou a “voz da nave-mãe” no clássico de ficção científica “Encontros imediatos de 3.º Grau” – e Oren Marshall – que trabalhou com Radiohead e Bobby McFerrin ou em bandas sonoras como “O Cavaleiro das Trevas Renasce” e “Missão: Impossível – Fallout”.

John Kenny, Floyd O. Cooley, Daniel Perantoni, Demondrae Thurman e R. Winston Morris, e os músicos nacionais Ricardo Antão, Gabriel Antão, Ricardo Carvalhoso e Mauro Martins estão entre os vários artistas que integram o programa.

A abrir o festival, nesta segunda-feira, dia 25, às 21 horas há Recital de Solistas no Claustro da Hospedaria do Mosteiro de Alcobaça com os trombonistas Hugo Assunção e Gabriel Antão, os tubistas Sérgio Carolino e Ricardo Carvalhoso, os eufonistas Ricardo Antão e Mauro Martins e os pianistas Bernardo Pinhal e Maria Derevyagina.

No mesmo local, à mesma hora, mas na terça-feira, dia 26, há concerto duplo com “How Low Can You Go” e “Carta Branca a David Taylor”.

No Museu do Vinho, o Gravíssimo! leva na quinta-feira, dia 28, “Cool Vibes”, com Jim Self e Afonso Pais, e ainda Oren Marshall com Afonso Pais, António Quintino e Alexandre Frazão. É às 22 horas, na Adega dos Balseiros, a partir das 22 horas.

Esta edição encerra com “Jazzy Night” na Cerca do Mosteiro de Alcobaça, sábado, 30 de julho, às 22 horas, com música de R’B & Mr. SC + Gravíssimo! e All Stars, uma verdadeira seleção de especialistas em metais graves.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados