Assinar
Sociedade

Pulseira eletrónica para homem indiciado de agredir a mãe em Peniche

O suspeito já foi condenado por violência doméstica e ameaça. Os factos agora em causa terão ocorrido entre 2021 e junho de 2022.

O suspeito já foi condenado por violência doméstica e ameaça, entre outros crimes, refere o MP

Um homem de 41, detido em Peniche por suspeita de violência doméstica sobre a mãe, de 78 anos, ficou a aguardar julgamento com obrigação de permanência na habitação, com vigilância eletrónica, e proibido de contactar a vítima.

Segundo informação divulgada na página da internet da Procuradoria da República da Comarca de Leiria, o indivíduo foi presente a tribunal na passada sexta-feira para primeiro interrogatório judicial estando “fortemente indiciado que o arguido molestou física, verbal e psicologicamente a vítima, sua mãe, na residência desta, onde coabitavam”, no concelho de Peniche.

Os factos ocorreram entre 2021 e junho de 2022, revela o Ministério Público, referindo que “o arguido ameaçou, insultou e humilhou a vítima, dirigindo-lhe expressões intimidatórias e nomes ofensivos”.

No passado dia 20 de junho, o arguido terá agarrado “os pulsos da vítima”, a quem “retirou bruscamente a canadiana que a ajuda a caminhar” e “empurrou-a para o chão, onde a mesma caiu desamparada, provocando-lhe dores na zona da anca”.

Ainda segundo o Ministério Público, o arguido tem antecedentes criminais tendo sido já condenado “pelos crimes de violência doméstica e ameaça”, entre outros.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público da Unidade Local de Peniche do Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Leiria, com a coadjuvação do Posto Territorial de Peniche da GNR.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados