Assinar Edições Digitais

A prática desportiva para os jovens – caminho para um futuro melhor

Pensar no desporto juvenil hoje em dia implica começar por entender um conjunto de modificações nos estilos de vida dos nossos jovens e crianças.

Pensar no desporto juvenil hoje em dia implica começar por entender um conjunto de modificações nos estilos de vida dos nossos jovens e crianças. Longe vão já os tempos, em que cada criança brincava livremente na rua, podendo explorar com os seus amigos o espaço, o movimento, e a sua capacidade de criar e inovar.

Raul Antunes, Psicólogo e treinador desportivo
rsnarp@hotmail.com

Hoje, talvez resultado de uma sociedade que evoluiu através de um conjunto de modificações sócio-demográficas das quais se destacam o facto de cada vez mais, ambos os elementos do casal trabalharem, e o fazerem mais longe de casa e durante mais tempo, adensou-se a necessidade dos pais manterem os seus filhos ocupados para além do horário escolar.

O desporto assume neste contexto especial relevância na medida em que poderá ser o local onde se consegue conjugar dois patamares fundamentais neste momento, pois se por um lado cumpre a função de ocupar os jovens e crianças até mais tarde, de uma forma organizada e responsável, por outro, pode e deve constituir um local onde a criança aprende a conhecer-se a si própria e aos que a rodeiam, onde se relaciona e aprende através dessas relações noções tão importantes para o seu futuro como as de cooperação, respeito por si e pelo outro, aprendizagem de regras de funcionamento e relacionamento interpessoal, mas acima de tudo aprende algo que na vida lhe será bastante útil: no desporto como em tudo na vida, há momentos bons e maus, e é na capacidade que tiver de saber lidar com uns e outros que estará a virtude.

Para atingir tal desiderato é fundamental que os elementos mais significativos das suas vidas, nomeadamente os pais, tenham bem presente qual o caminho e qual o objectivo que perseguem. Pais e treinadores devem, de uma vez por todas, entender que o desporto é mais do que aquilo que vêm na televisão onde uns ganham e outros perdem, onde uns são fortes e outros são fracos. Perceber que o desporto vai muito além do que é visível (Resultado…) é o caminho único para que se entenda quais os benefícios que o desporto pode trazer à vida do jovem. Focalizar a qualidade da experiência desportiva dos seus filhos na simples análise do nível de prestação desportiva será demasiado redutor, especialmente porque ignora as competências sociais e cognitivas que o desporto promove, através das interações e experiências que proporciona, e dos desafios que lhes estão inerentes.

Quantos pais perguntam ao filho quando este chega a casa, como correu o seu treino? Quantos pais acompanham de forma real a prática desportiva dos seus filhos? E acima de tudo quantos o fazem de forma desligada do resultado da participação destes?

Valerá a pena pensar nisto, especialmente numa altura de profunda crise económica e social, que infelizmente também chega ao desporto. O desporto juvenil é um sistema que engloba vários componentes, e será da simbiose entre todas essas partes que poderá continuar a ser válido. Mais do que nunca pais, treinadores, clubes e atletas têm de estar unidos no mesmo objetivo, pois talvez seja essa a única forma de continuar a fazer do nosso modelo desportivo um projeto exequível.

(texto publicado na edição de 28 de fevereiro)