FEIS

Exclusivo

Recuperar o “berço” do vidro da Marinha Grande custa quase 90 milhões

Unidade fabril ligada ao nascimento da cidade do vidro fechou há mais de 30 anos. Comprada em 2018 pela câmara, a fábrica já tem plano para o futuro: a criação de um de centro de congressos, espaço cultural, museológico e até de empreendedorismo. Este é um projeto para vários mandatos, admite o presidente da Câmara

Pergunta da semana

Portugal deve aumentar as suas despesas com a Defesa, atendendo aos compromissos com a NATO e à situação militar na Europa?
Responder agora

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.