Assinar Edições Digitais
Sociedade

Buscas a embarcação na costa de Peniche continua sem resultados (actualizada)

As buscas para encontrar os quatro pescadores desaparecidos a sul de Peniche estão a ser intensificadas ao largo de Torres Vedras, depois de hoje [sábado] terem sido encontrados mais vestígios da embarcação.

As buscas para encontrar os quatro pescadores desaparecidos a sul de Peniche estão a ser intensificadas ao largo de Santa Cruz (Torres Vedras), depois de hoje terem sido encontrados mais vestígios da embarcação.

O comandante da Capitania de Peniche, Luís Patrocínio Tomás, disse à agência Lusa que “o esforço de buscas está a ser feito mais para sul” da Praia da Areia Branca (Lourinhã), zona onde a embarcação terá afundado.

“Hoje[sábado], pelas 08h20, foram encontrados pela corveta António Enes quatro recipientes para guardar anzóis a quatro milhas a Oeste da praia de Santa Rita” (Torres Vedras), depois de sexta feira ao início da noite terem sido encontrados os primeiros vestígios, a uma milha da Praia Azul (a sul de Santa Cruz) concretamente o painel da embarcação e um outro balde para guardar anzóis.

“Confirma-se que os objectos que ontem foram encontrados são da embarcação, o que nos permite dizer com mais certeza que a embarcação teve um acidente e que há mais probabilidades para o incidente ter ocorrido ao largo da Praia da Areia Branca”, adiantou.

As buscas foram retomadas sábado às 08h30 com a corveta António Enes, o salva-vidas “Vigilante” do Instituto de Socorros a Náufragos e um avião da Força Aérea.

As equipas terrestres mantêm-se também, através de meios da Polícia Marítima e das corporações de bombeiros da Lourinhã, Peniche e Torres Vedras, que estão a percorrer as praias na busca de mais vestígios.

(actualizada às 12 horas do dia 20 de Fevereiro de 2010)