Select Page

Câmara de Leiria aprova demolição da capela de Chãs

Câmara de Leiria aprova demolição da capela de Chãs



A Câmara Municipal de Leiria aprovou ontem, em reuniu do executivo, a demolição da capela de Chãs, em Regueira de Pontes.

A deliberação foi tomada por maioria, com os votos contra das vereadoras Isabel Gonçalves e Neuza Magalhães, e as abstenções de Filipa Alves, Carlos Vitorino e José Benzinho, eleitos pelo PSD. A maioria socialista do executivo viabilizou, assim,  a demolição da antiga capela, de acordo com as pretensões manifestadas pela maioria da população, que entretanto construiu uma igreja nas traseiras da capela.

A medida foi acolhida com satisfação pelo padre Isidro Alberto, presidente da comissão da Igreja não paroquial das Chãs, bem como pelo presidente da Junta de Regueira de Pontes, Amilcar Gaspar. O autarca disse ao REGIÃO DE LEIRIA que espera agora “negociar com a Câmara” a respectiva demolição, sublinhando dois aspectos: a falta de verba por parte da junta e a maquinaria específica que será necessária.

A intenção de demolir a capela surgiu pela primeira vez em 2005. Na altura, a Câmara de Leiria – então presidida por Isabel Damasceno – chumbou a ideia, constrariando também o licenciamento de uma nova capela. Porém, com o passar dos anos a população conseguiu a licença e acabou por construir uma Igreja. Mas nunca tinha conseguido autorização camarária para demolir o velho tempo. Na terça-feira, o presidente Raul Castro e a maioria na Câmara deram o seu aval.

Paula Sofia Luz

19 Comentários

  1. artur

    Só estorva a capela… E para que ter duas se construíram uma nova atrás? Aliás já ninguém vai à missa…

    Responder
  2. Maria Rosa

    Façam uma denúncia ao IGESPAR/ Ministério da Cultura. Isto só é normal em países de ditadores ignorantes.

    Responder
  3. SASFF

    É cada vez mais deplorável a forma como as autarquias tratam o património. Eu tenho não só vergonha pela câmara de leiria como pelo país inteiro que continua a multiplicar atrocidades como esta.
    Já que admitem que não têm qualquer pingo de cultura com este tipo de atitude pelo menos não destruam o valioso património que nos foi deixado há muito e tenham em mente que valorizar a nossa história é valorizar o que somos hoje e que o seu valor não é algo invisível que paira no ar mas sim muito concreto e palpável – a sua ignorância é que lhes não permite vê-lo.

    Responder
    • jesus

      Li o seu comentario e têm toda a razão mas deve informar-se melhor porque não é só culpa da camara
      de Leiria tambem é de pessoas da Freguesia só que estão ocultas a verdade esta escondida.

      Responder
  4. Marcia G.S.Severo

    Pensei que fosse só no Novo Mundo que as pessoas não valorizasem sua historia.
    É e sp será um absurdo demolir uma obra tão historica como essa.
    Escrevo do Brasil onde ainda não me acustumei qdo isso acontece aqui.
    Marcia

    Responder
  5. Conterâneo Confuso

    Se dizem que o retábulo do sec XVI veio de outra capela, provem-no. Há documentos que provam o contrário.
    Dizem que a maioria quer a demolição ,não é verdade,não houve referendo.
    Se é falta de visibilidade desloquem uma das capelas . À 400 anos conseguiram( mudar o retábulo em pedra )e agora com tanta tecnologia não conseguem mudar a capela.
    Já agora não percam a oportunidade de estudar a história da Chãs e certamente encontrarão mais do que esperavam, onde pouco acreditavam.

    Responder
  6. Fernando

    Inacreditável. Memórias,arte,Sacrificios , Para quê…?

    Responder
  7. Edgar

    Sou um jovem habitante em regueira de pontes, e pergunto-me: " O que mostrarei de interessante sobre a minha freguesia aos meus filhos e netos, se vão demolir a capela?"

    Responder
  8. M.C.

    Já houve eleições. Como o padre na missa de domingo disse que só deviam ir votar os que fossem pela destruição. Parte -se do princípio que ele é uma pessoa de bem e que vai aceitar que as centenas dos que não foram mais os seus antepassados (ganharam)e são a favor da preservação do seu património.
    Já agora e porque os escritos que datam a capela da Chãs do sec. XV I estão em latim ele que faça a tradução aos seus paroquianos. Assim talvez haja democracia e não se parta do principio que são todos ignorantes.

    Responder
  9. triste

    UMA VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! REVOLTEM-SE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  10. Gastão Brito e Silva

    É uma vergonha e um crime de lesa cultura!!! tenho "costelas" de Regueira de Pontes onde passei parte da minha infância e ainda tenho família… custa-me conceber que os moradores queiram demolir a Capela das Chãs e ninguém se oponha a esta barbárie…

    Responder
  11. J.Ribeiro

    " Despida de demagogia e emoções desprovidas de razão " Segundo creio" demagogia hoje em dia está muito associado ao mundo da política e a promessas de mundos e fundos que depois na prática não se concretizam ". Mas não são os políticos que se abeiram dos homens da cultura para lhes dizerem que estão com eles aquando a caça ao voto . E agora gozam-nos dizendo-lhes que emoção não é arte. (Será que queriam dizer intuição.) Bem façam lá as três vias para passar o povo a memória afinal agora não interessa os objectivos devem ser outros. Até já "auscultaram "o povo, mas foi via satélite, segundo me disseram. ….. Um velho conterrâneo….

    Responder
  12. N.I.P.O.Caso

    Como seria Leiria se tivessem aproveitado as pedras da Igreja de Nª. Senhora da Pena para construir a de Sªº . Pedro ou as desta para construir a Sé actual. Não falando no castelo, na torre e nas dezenas de outras igrejas e variadíssimos monumentos existentes na cidade. São estas as referencias da história de Leiria e de todos nós. No caso da Chãs não vou falar mais destas pedras que para alguns não são memórias mas, uma simples pedra que se sacode de um sapato para outro (s).Vou deixar um enigma :Da Sé à Penha ou no caso : Capela-capelinhas,retábulo-Necessidades Sec XVII…S.Miguel, Dia 26-Dia 8-Necessidades-retábulo sec XVI,Paço-Rocio…Randulfo,moedas romanas-ponte e como disse que não falava mais nelas: sílex . P.S. Regueira de Pontes

    Responder
  13. José Luís Pontes

    Em Regueira de Pontes existiu uma sumptuosa ponte romana. Alguém sabe onde ?
    Em Regueira de Pontes existiu um hospital no tempo de Dom. Dinis. Alguém sabe onde?
    Em Regueira de Pontes existiu uma vila Romana. Alguém sabe onde?
    Eu poderia dizer onde mas certamente só acreditaria se lhe mostra-se as pedras no devido lugar porque as leituras na torre do tombo são só para os historiadores e pouco mais.
    Claro que a minha terra ainda tem casas antigas de séculos passados que têm vindo a preservar.
    Mas e a Chãs que memórias quer dar a conhecer as gerações futuras ? as: José luís Pontes

    Responder
    • j.rodrigues

      O seu post ilustra muito bem o fenómeno da perda de identidade. Hoje uma "vila", porque já não é uma casa. Amanhã uma ponte, porque já não permite atravessar o rio. A seguir um hospital que já não trata doentes. Agora uma capela que não é aquecida no inverno, que não tem azulejos modernos, ou sei eu lá porquê. Sei sim que Regueira de Pontes está mais pobre, mais desligada da sua história, menos ciente da sua identidade como comunidade. Modernizou-se, dissolveu-se na vulgaridade, é mais uma aldeia (ou vila ou o que quer seja) cada vez mais igual às outras, menos humana, mais impessoal, mais desinteressante. Eu, que nunca fui a Regueira de Pontes, tenho pena do que está a acontecer. Pena por mim, pela minha identidade com cidadão português, como membro de uma colectivade universal onde se teima em confundir modernidade com modernices.

      Responder
  14. Claro, J

    Uma decisão lamentável que revela o oportunismo político dos autarcas eleitos.
    Lamentável é também a posição do pároco e o silencio da Diocese nesta matéria. Existe algo mais sagrado para um católico que um altar consagrado??.
    O investimento realizado num espaço de culto contíguo não teria sido oportunamente direccionado para a recuperação da Capela de Chãs, dignificando o espaço??
    Penso que era importante que os cidadãos manifestassem o seu voto na matéria, principalmente os municipes de Leiria, junto das entidades responsáveis.

    Responder
  15. Carlota Simões

    É inacreditavel que os vereadores da Câmara de Leiria ,(honra seja feita a Isabel Damasceno e a Neuza Magalhaes ,únicas que votaram contra), tenham votado a favor da demolição desta capela das Chã, construção do séc XVI.
    No Séc XXI continuar a delapidar o já pouco património existente no Distrito é realmente grave. O padre que ao que parece está radiante com tal resolução pois já mandou construir um mono horroroso que fere a vista de qualquer mortal com um mínimo de sensibilidade pretende aínda que a Cãmara pague as despesas da demolição . Se tudo istonão fosse tão lamentavel até parecia uma anedota.
    Espero que haja uma oposição forte que faça anular esta tão irrefletida insensata e inculta resolução de alguns – Já chega .
    A nossa democracia já devia estar suficiente adulta para perceber que estes atentados ao Património dos Portugueses não podem acontecer. Cinco Séculos de História não são cinco histórias da carochinha.
    Lisboa 27-04-2010

    Responder
  16. Mário Rodrigues

    é mais um escândalo em Leiria. Raul Castro Começa bem…

    Responder
  17. envergonhado

    Parece-me inacreditável que os leirienses aceitem esta ataque ao seu património sem qualquer manifestação. Tenho vergonha de ser de Leiria. Se a população aceita que esta capela seja destruida só pode ser porque não foi devidamente esclarecida. Estamos a falar de um monumento que se encontra proposto no PDM de 1995 como de valor concelhio, que data do século 16 e que a Câmara aceita agora, sem mais, que seja demolido e quem sabe até mesmo talvez ceder maquinaria e verbas para executar esta vergonha.

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Acredita que as Termas de Monte Real irão abrir em 2018?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

O Tempo

Humidity: 45%
Clouds: 1%
Wind(WSW): 8kph
céu claro
Segunda-feira
Terça-feira
12°
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
-1°

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This