Assinar
Sociedade

Vulcão islandês retém comitiva da Batalha e cancela concerto em Caldas

Uma comitiva do município da Batalha está retida no Aeroporto de Lisboa, depois de ter sido cancelado o voo das 13h10 para Orly, França. Em Caldas da Rainha, o concerto de Carmen Souza foi cancelado.

Uma comitiva do município da Batalha está retida no Aeroporto de Lisboa, depois de ter sido cancelado o voo das 13h10 para Orly, França. Em Caldas da Rainha, o concerto de Carmen Souza foi cancelado.

O aeroporto francês está encerrado devido à nuvem de fumo provocada pela erupção do vulcão Eyjafjallajoekull, na Islândia, e assim deverá manter-se pelo menos até às 20 horas

António Lucas, presidente da Câmara da Batalha, Horácio Moita Francisco, vereador, e António Fernando Lucas, presidente da Junta de Freguesia do Reguengo do Fetal, estão de partida para Saint-Maur-des-Fossés onde decorre, amanhã, sábado, um encontro de emigrantes batalhenses.

Os autarcas terão no entanto de vencer a longa fila de passageiros que se formou no balcão da TAP para saber da possibilidade de seguirem viagem.

Foi entretanto também cancelado o espectáculo de Carmen Souza agendado para esta noite no Centro Cultural e de Congressos de  Caldas da Rainha. Isto porque os músicos que acompanham a cantora estão em Londres e não puderam viajar para Portugal devido ao encerramento dos aeroportos na Grã-Bretanha.

Uma nova data para o concerto será oportunamente divulgada, informou hoje o CCC.

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.