Uma funcionária do Instituto Politécnico de Leiria (IPL) foi sequestrada por duas pessoas, na madrugada de hoje, durante um assalto às instalações do edifício sede da instituição, informou o presidente do estabelecimento de ensino superior.

Os assaltantes partiram um vidro lateral do edifício principal, por onde entraram, mas terão sido surpreendidos por uma funcionária que estava ainda a trabalhar.

Segundo Nuno Mangas, presidente do IPL, “os dois suspeitos trancaram a funcionária num espaço”, dirigindo-se depois para o cofre, que “arrombaram”.

“As quantias [roubadas] são residuais. Os valores mais acentuados são os estragos”, explicou Nuno Mangas, adiantando que nenhum material informático foi roubado.

O presidente do IPL disse que não foi usada violência física sobre a funcionária.

Entretanto, fonte da Polícia Judiciária de Leiria disse à agência Lusa que os elementos de prova já foram recolhidos, estando o caso em investigação.