Existe um Clube do Riso em Leiria, que promove sessões gratuitas todas as semanas no Centro Recreativo do Telheiro, na freguesia da Barreira. A ideia é pôr as pessoas a rir de tudo e de nada para se sentirem melhor.

Rir é sempre um bom remédio e há quem procure dar boas gargalhadas para esquecer as dificuldades da vida quotidiana. E há quem goste de dar uma ajuda. Leonilde Pedroso mostra como às quartas-feiras, às 19h30, no Telheiro.

Esta quarta-feira, o REGIÃO DE LEIRIA deparou-se com 25 sorrisos rasgados. Daí ao “riso infantil” e ao da “conta inesgotável”, do “argumento” e da “repreensão”, do “concerto” e do “agradecimento” passaram minutos. O tempo aliás pareceu voar com tanta gente a rir e a fazer-se rir. Houve tempo para gargalhadas saudáveis, daquelas que dão azo a ataques imparáveis e contagiosos.

E sem darem por ela, os participantes acabaram por fazer mais exercício do que poventura pensavam. Chegaram sem se conhecerem, acabaram por sair a conversar.

O conceito do Yoga do Riso é tão simples quanto revolucionário. A ideia é pôr as pessoas a rir de tudo e de nada para se sentirem melhor e – quem diria – mais equilibradas.

Leia mais na edição impressa de 21 de Janeiro de 2011

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt