Assinar
Andebol

Colégio João de Barros viaja até à Dinamarca para disputar Taça EHF

Saber que vão “jogar com uma equipa de top mundial e num pavilhão e ambiente fantásticos” são ingredientes suficientes para motivar atletas e equipa técnica do Colégio João de Barros (CJB), para a terceira eliminatória da Taça EHF feminina.

Saber que vão “jogar com uma equipa de top mundial e num pavilhão e ambiente fantásticos” são ingredientes suficientes para motivar atletas e equipa técnica do Colégio João de Barros (CJB), para a terceira eliminatória da Taça EHF feminina.

Mas o desafio não parece ser fácil. Paulo Félix, treinador do CJB, não pode contar com todas as atletas, por motivos profissionais, e vai defrontar “uma das equipas mais fortes do campeonato dinamarquês, que é o melhor campeonato do mundo ao nível de clubes”, explica o técnico. A equipa dinamarquesa é profissional e tem cinco jogadoras estrangeiras.

“É praticamente impossível seguir em frente na competição. No entanto, as expectativas são as melhores no sentido de evoluir como equipa”, adianta Paulo Félix. E acrescenta: “As nossas atletas já têm alguma experiência internacional, não só de clubes mas também de selecções, mas isso só não chega. A realidade destas duas equipas é incomparável”.

O clube das Meirinhas, Pombal, partiu esta madrugada para a Dinamarca e disputa as duas partidas com KIF Vejen, este sábado e domingo.

Leia mais na edição em papel do REGIÃO DE LEIRIA de 4 de Novembro.

Marina Guerra

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.