Assinar
Sociedade

Entrevista a Fernando Gonçalves, ex-director da Segurança Social de Leiria

Uma semana depois de ter sido demitido do cargo pelo Governo, o antigo director da Segurança Social fala ao REGIÃO DE LEIRIA. Leia alguns destaques da entrevista.

Uma semana depois de ter sido demitido do cargo pelo Governo, o antigo director da Segurança Social dá uma entrevista ao REGIÃO DE LEIRIA em que diz ser vítima da sua seriedade.

Fernando Gonçalves

Fernando Gonçalves volta a acusar dirigentes do PS de perseguição pessoal e familiar e recusa a ideia de alguma tentativa de aproximação ao PSD.

Leia alguns destaques da entrevista que publicamos na edição em papel do REGIÃO DE LEIRIA de 9 de Dezembro de 2011:

  • “José Miguel Medeiros foi uma das pessoas responsáveis pela actual directora da Segurança Social não ter sido afastada do Centro de Emprego”
  • “Foram muitas as pressões para que o comandante distrital de Bombeiros [José Manuel Moura] fosse demitido, pela sua ligação ao PSD”
  • “João Paulo Pedrosa passou estes últimos seis anos a conspirar contra mim, com o intuito de ocupar o lugar de director da Segurança Social”
  • “O Partido Socialista protegeu pessoas como Paiva de Carvalho e Carlos Lopes”
  • “Leiria tem a pior Câmara de sempre”
  • “A relação com o presidente da Câmara foi tão inacreditável, que Raul Castro não me cumprimentava em cerimónias oficiais e de Estado”
  • “Castro nunca foi do PS. O partido de Castro foi sempre ele próprio. Tal como o partido de Gonçalo Lopes também não é o PS, é ele próprio”
A versão integral da entrevista será publicada no site do REGIÃO DE LEIRIA segunda-feira, dia 12 de Dezembro.

 

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.