Assinar Edições Digitais
Sociedade

Ascensor da Nazaré parado para manutenção até 17 de Fevereiro

O ascensor da Nazaré, que liga o centro da vila ao Sítio, a 120 metros de altitude, vai estar parado entre 9 de Janeiro e 17 de Fevereiro, para obras de manutenção.

O ascensor da Nazaré, que liga o centro da vila ao Sítio, a 120 metros de altitude, vai estar parado entre 9 de Janeiro e 17 de Fevereiro, para obras de manutenção.

A manutenção anual do ascensor, realizada normalmente entre os meses de Outubro e Novembro, foi adiada em 2011 para “depois da passagem de ano por ser um período mais calmo e que causa menos transtorno à população, comerciantes e turistas”, disse à Lusa o presidente dos Serviços Municipalizados (SMAS) da Nazaré, Afonso Ova.

Com 122 anos de existência e baseado num sistema de tracção por cabo, o ascensor, que “transporta anualmente cerca de um milhão de residentes e turistas”, é todos os anos alvo de “rectificação de alguns componentes e arranjos das roldanas”, explicou o responsável.

A manutenção habitualmente feita por funcionários dos SMAS vai incluir este ano o recurso aos serviços de uma empresa externa, dada a necessidade de substituir algumas travessas na linha, com uma extensão de 320 metros e uma inclinação de 43 por cento.

O presidente dos SMAS estima que a obra de manutenção tenha um custo na ordem dos 80 mil euros, dada “a antiguidade dos materiais e devido à dificuldade em conseguir peças para substituição”.

Durante o período de suspensão do funcionamento do elevador, o serviço regular de transporte de passageiros entre o centro da vila e o Sítio será assegurado por autocarros, “de meia em meia hora”, com paragens no Largo N. S. da Nazaré e Praça Vasco da Gama (Sítio) e na Praça Manuel de Arriaga (Nazaré).

Lusa