Assinar Edições Digitais
Sociedade

Caso do hotel de Porto de Mós avança para tribunal

A licença de construção do hotel de Porto de Mós – cuja construção avançou há quase uma década para ser usado durante o Euro 2004 mas que continua inacabado – caducou, entende a Câmara de Porto de Mós.

A licença de construção do hotel de Porto de Mós – cuja construção avançou há quase uma década para ser usado durante o Euro 2004 mas que continua inacabado – caducou, entende a Câmara de Porto de Mós.

Porto de Mós contava com o hotel para o Euro 2004

O executivo municipal decidiu, na reunião de dia 6, declarar a caducidade da licença, alegando que não decorrem obras no local há mais de seis meses.

Foi ainda decidido avançar com os procedimentos legais, tendentes à libertação da garantia bancária, de 250 mil euros, referente ao projeto e que deverá reverter para a autarquia.

João Salgueiro, presidente do executivo, admitiu que se avizinha um complexo e demorado processo judicial.

(notícia publicada na edição de 15 de junho de 2012)