Assinar
Cultura

Amélia Pinto Pais homenageada sábado em Leiria

A professora e escritora Amélia Pinto Pais vai ser homenageada no sábado, 20 de outubro, em Leiria, na Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo e num jardim da rua Tenente Valadim.

Amélia Pinto Pais

A professora e escritora Amélia Pinto Pais vai ser homenageada no sábado, 20 de outubro, em Leiria.

O nome da professora será atribuído ao jardim localizado na rua Tenente Valadim, em Leiria, em frente ao antigo Liceu, onde lecionou. Também a Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo, onde igualmente deu aulas, lembrará Amélia Pinto Pais nesse dia.

A cerimónia tem início às 15 horas à entrada da biblioteca da Escola Secundária Rodrigues Lobo, à qual será atribuído o nome de Amélia Pais. O cerimónia inclui intervenções da diretora do estabelecimento de ensino, Cristina Freitas, da Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares, Teresa Calçada, de Carlos André, amigo da homenageada, e de Lurdes Machado, presidente da Câmara Municipal de Leiria em regime de substituição.

Haverá ainda lugar a um momento musical, pelo Orfeão de Leiria, e à leitura de poemas da autoria de Amélia Pais.

Cerca de uma hora e meia mais tarde, a homenagem prossegue com o descerramento de uma placa com o nome de Amélia Pinto Pais no jardim em frente ao antigo Liceu.

A homenagem a Amélia Pais é uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Leiria, Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo, Associação de Solidariedade Social dos Professores, Orfeão de Leiria e Centro do Património da Estremadura.

Amélia Pinto Pais nasceu em Fornos de Algodres, a 5 de outubro de 1943, e faleceu a 26 de maio de 2012. Licenciada em Filologia Românica, pela Universidade de Coimbra, estava aposentada da profissão de professora do ensino secundário.

Residente em Leiria, foi professora e autora dos manuais escolares “Ler por Gosto”, “Ser em Português” e “Saber Português”.

A língua portuguesa mereceu-lhe sempre muito do seu esforço e dedicação, tendo sido autora de diversas obras de caráter ensaístico sobre Camões, Fernando Pessoa, Gil Vicente e Padre António Vieira. Escreveu ainda a “História da Literatura em Portugal”, obra repartida em três volumes.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.