O realizador Pedro Neves, de Leiria, ganhou o ganhou o Prémio Europa para Melhor Curta-Metragem no Festival Filmets de Badalona, Espanha, com o documentário “Água Fria”.

Pedro Neves

O filme retrata a romaria de São Bartolomeu do Mar, em Esposende, ou de outro modo, como o próprio diz, “um certo modo de ser português”. É um filme “sobre desilusões, sobre memórias, sobre sensações”, descreve Pedro Neves.

“Água Fria” já havia sido selecinado, entre outros certames, para Clermont-Ferrand, em França, considerado o mais importante festival internacional de curta metragens do mundo.

Veja a reportagem que o “Público” fez com Pedro Neves a propósito de “Água Fria”: