Assinar Edições Digitais
Sociedade

Estradas de Portugal deixa Leiria e está a caminho de Porto de Mós

A empresa Estradas de Portugal (EP) prepara-se para deixar as atuais instalações em Leiria e fixar-se em Porto de Mós.

A empresa Estradas de Portugal (EP) prepara-se para deixar as atuais instalações em Leiria e fixar-se em Porto de Mós.

Desde agosto de 2010 que a empresa ocupa uma parte do edifício da Cooperativa Agrícola na Nova Leiria, depois de ter deixado o edifício do Governo Civil.

Contactada pelo REGIÃO DE LEIRIA, a EP confirma estar a “analisar a possibilidade de transferir as suas estruturas sedeadas no distrito de Leiria para instalações próprias, construídas no âmbito da subconcessão do Litoral Oeste, na zona de São Jorge”, em Porto de Mós.

Na origem desta intenção, refere fonte da empresa, está a expectativa de “uma poupança significativa de custos” e também de “ganhos de funcionalidade operacional”.

A mudança de instalações afetará 12 funcionários que atualmente trabalham em Leiria e que terão de se deslocar para Porto de Mós.

No entanto, a empresa manifesta-se disposta a custear despesas com deslocações.

O REGIÃO DE LEIRIA soube, junto de fonte próxima da EP, que foi solicitada aos trabalhadores a assinatura de uma declaração em que concordam com uma possível mudança de instalações, desde que a empresa assuma “as despesas inerentes à utilização da A19 no trajeto Leiria – S. Jorge de e para o local de trabalho, bem como em deslocações pontuais a Leiria durante o período de descanso
para almoço”.

Sem resposta ficaram outras questões colocadas pelo nosso jornal à empresa, nomeadamente a data da mudança e respetivos custos. Na
mensagem enviada ao REGIÃO DE LEIRIA é dito que se trata de “um assunto do foro interno da empresa”.

O nosso jornal sabe, no entanto, que a mudança deverá ocorrer até ao final do ano.

(Notícia publicada na edição de 2 de novembro de 2012)