Assinar
Sociedade

Seis indivíduos apanhados esta semana a furtar cobre em Pataias e na Guia

Uma homem e uma mulher foram detidos esta madrugada pela GNR quando furtavam fios de cobre, na freguesia da Guia, Pombal. O flagrante delito foi detetado, cerca da 1h30, por militares do Destacamento Territorial de Pombal durante uma ronda de rotina.

Um homem, de 43 anos, e uma mulher, de 38, foram detidos esta madrugada pela GNR quando furtavam fios de cobre, na freguesia da Guia, concelho de Pombal. O flagrante delito foi detetado, cerca da 1h30, por militares do Destacamento Territorial de Pombal durante uma ronda de rotina.

Uma viatura parada num “local ermo e com pouca iluminação junto de umas linhas de cobre prostradas no chão” chamaram a atenção da patrulha que procedeu à abordagem e fiscalização do veículo, informou a GNR em comunicado. No interior, encontrou fios de cobre que teriam sido furtados minutos antes, o que levou à detenção dos dois suspeitos, residentes no concelho de Pombal. Durante a operação foram ainda apreendidos três telemóveis e  ferramentas usadas no delito.

Os dois suspeitos foram presentes hoje de manhã ao Ministério Público de Pombal.

Entretanto, na segunda-feira à noite, quatro indivíduos foram apanhados também em flagrante delito pelo mesmo crime, na freguesia de Pataias, concelho de Alcobaça, revelou a GNR. Os suspeitos, residente no concelho de Alcobaça, têm 22, 23, 24 e 37 anos.

Militares patrulhavam “a zona quando constataram que um poste, que alimentava energeticamente uma firma, apresentava a porta arrombada e, no interior, a cablagem estava cortada e o contentor transformador com a tampa fora do local e com as porcas de fixação sem os parafusos”.

“Tal cenário fez crer à patrulha que os suspeitos teriam preparado o interior do poste, para uma posterior acção de remoção do miolo do contentor (rico em cobre) num horário apropriado”, acrescentou a GNR numa nota enviada à comunicação social.

Uma “ação de vigilância discreta ao local” permitiu surpreender os indivíduos no momento em que “tentavam deslocar o contentor para o exterior preparando-se para furtá-lo com ferramentas próprias para o efeito”.

Segundo a GNR, os quatro suspeitos possuíam antecedentes criminais, nomeadamente por furto a interior de residência e posse de estupefacientes. Presentes ontem ao Tribunal Judicial das Caldas da Rainha, três deles ficaram em prisão preventiva.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.