A ideia é simples, mas original: casar o tecido industrial com a oferta turística. Resultado? Um circuito que introduz o conceito de “turismo industrial” no concelho da Marinha Grande.

O projeto, que passa pela marcação de visitas a fábricas nas áreas do vidro, moldes e plásticos da Marinha Grande, foi revelado segunda-feira, dia 11 de março, pelo presidente da Câmara, Álvaro Pereira.

Foi na sessão solene que marcou o dia das comemorações dos 25 anos da elevação da sede de concelho a cidade, que apresentou o projeto que, este mês, permitirá a visita de turistas, para já dez, às empresas. No site www.turismoindustrial.cm-mgrande.pt estão as coordenadas, contactos e datas das possíveis visitas, bem como a listagem das empresas que aderiram à iniciativa.

“Não podemos deixar de saudar a coragem que os empresários aderentes demonstraram, abrindo as portas das suas instalações para que terceiros conheçam o seu funcionamento”, referiu o autarca.

Nessa mesma tarde, foi inaugurada a extensão da linha azul dos transportes urbanos do concelho. Servirá mais de 1.600 utilizadores, abrangendo os lugares de Pedra da Cima, Pedra de Baixo, Fonte Santa, Camarnal e Ordem, numa distância de quatro quilómetros com dez paragens. Os quatro horários diários poderão vir a ser ajustados, de acordo com as necessidades dos utentes, adianta o município.

(Notícia publicada na edição de 14 de março de 2013)

CSA