Assinar Edições Digitais
Cantinho dos Bichos

Núria é a nova perdição dos utentes da APPC-Leiria

Vítima de maus-tratos, o animal foi recolhido pela associação Their Voice, onde recuperou. Atualmente enriquece os dias dos utentes da APPC – Leiria

Quatro manhãs por semana, Núria é a figura central das sessões de hipoterapia de utentes da Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral (APPC) de Leiria.

A égua tem nove anos e um temperamento calmo e dócil, sendo peça fundamental no estímulo motor e psíquico dos jovens, graças aos movimentos tridimensionais que realiza, semelhantes aos dos humanos, favorecendo a perceção e controlo desses movimentos. E no final, Núria sabe sempre que tem uma recompensa: meia cenoura, dada à boca pelas crianças especiais – gesto que também faz parte da terapia.

Adotada por Miguel Duarte e Jona Weber, Núria vive atualmente na Quinta do Pinheiro Manso, em Parceiros, Leiria. Mas o seu percurso até aqui não foi fácil.

Os primeiros donos da égua utilizavam-na somente para trabalhos duros, não se preocupando com possíveis maus-tratos infligidos, e procuravam obter ainda lucro, através da gestação de potros. Com o passar do tempo, uma alimentação descuidada e sem cuidados veterinários, o animal foi ficando mais frágil e débil e acabou por ser abandonado.

Referenciada à Their Voice – Associação para proteção de cavalos e burros, com sede em Caldas da Rainha, Núria foi recolhida e mereceu toda a atenção e cuidados de saúde por parte dos voluntários da associação animal, o que permitiu a sua recuperação para uma nova vida.

Miguel Duarte e Jona Weber receberam-na ainda em fase de convalescença, mas com cuidados diários e trabalho adaptado conseguiram torná-la uma “égua vistosa e pronta para espalhar magia”, numa ligação próxima com os utentes da APPC-Leiria, revela a página de Facebook “Núria e as crianças especiais”.

Os custos de manutenção do animal são, atualmente, suportados pelos responsáveis da Quinta do Pinheiro Manso e pela APPC-Leiria, que mensalmente contribui com 450 euros. Todavia, de forma a garantir que as atividades de hipoterapia possam continuar, a APPC-Leiria está à procura de padrinhos para a égua, que possam contribuir com donativos para ajudar a suportar as despesas de alimentação, veterinário e cuidados diários, bem como alargar sessões de hipoterapia a mais horários.

A evolução da relação de Núria com os novos amigos é divulgada, diariamente, na página de Facebook, através de fotografias e testemunhos de aventuras, ou através do email nuria@appcleiria.pt.