Assinar Edições Digitais
Sociedade

Mais de 500 bombeiros combatem incêndios em Pombal e Porto de Mós

Mais de 500 bombeiros, apoiados por 140 viaturas e seis meios aéreos, combatem três incêndios de grande dimensões no distrito, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Mais de 500 bombeiros, apoiados por 140 viaturas e seis meios aéreos, combatem três incêndios de grande dimensões no distrito, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

fogo-300x197Ao início da tarde, cerca das 14h20, deflagrou um incêndio em Pelariga, Pombal, em zona de floresta. A Linha do Norte e a A1 estão cortadas ao trânsito, e o IC2 está condicionado por questões de segurança devido ao fumo, reporta o último balanço da Proteção Civil, disponível na página oficial da ANPC.

Além de quatro meios áereos – dois helicópteros e dois aviões -, foram destacados para o local cerca de 230 bombeiros e 60 veículos.

Na Serra de Sicó, também no concelho de Pombal, outro fogo mantém duas frentes ativas. O alerta foi dado cerca do meio dia, tendo sido mobilizados 226 bombeiros, dois helicópteros e cerca de 60 veículos de combate às chamas.

Também perto do meio dia, as chamas tomaram conta de uma zona de mato no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, em São Bento, Porto de Mós. Cerca de 70 bombeiros auxiliados por duas dezenas de viaturas combatem o incêndio com um frente ativa.

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt