Assinar
Sociedade

Marinha inativa engenho explosivo na Praia de Paredes da Vitória

O Marine Marker terá dado à costa na sequência do mau tempo que atingiu as praias da região e foi inativado por uma equipa de prontidão de Inativação de Engenhos Explosivos

A Marinha Portuguesa desativou um engenho explosivo na praia de Paredes da Vitória, em Alcobaça, no passado dia 8.

EO engenho terá dado à costa, na sequência do mau tempo que atingiu as praias da região, e, após o alerta, o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa) ativou a equipa de prontidão de Inativação de Engenhos Explosivos (IEE) do  Destacamento de Mergulhadores Sapadores nº1 (DMS1) da Marinha Portuguesa para a sua inativação.

Segundo a Marinha, “em coordenação com a Capitania do Porto da Nazaré, o DMS1 identificou e neutralizou um ‘Marine Marker’ – engenho explosivo utilizado em ambiente marinho para sinalização de posições ou áreas de interesse”.

A mesma fonte revela que este tipo de engenho “é encontrado com alguma frequência na costa e requer precauções no seu manuseamento, podendo ser extremamente perigoso. Na sua composição, contém fósforo branco que na presença de oxigénio deflagra (inicia combustão a alta temperatura), podendo causar queimaduras graves se em contato com a pele”.
EA Marinha Portuguesa informa ainda que sempre que for encontrado um engenho deste tipo, “não deverá ser removido” e devem ser alertadas as autoridades marítimas, através de contato direto ou do número nacional de emergência 112.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.