Seiscentos quilómetros de bicicleta para percorrer em três dias, entre Lisboa e Santiago de Compostela. É este o desafio que o recordista Carlos Vieira e Rolando Gaspar, presidente da assembleia geral da Associação de Dança de Leiria (ADDDL), decidiram abraçar para divulgar o Projeto SOMA,  sensibilizar a comunidade para a igualdade na diferença.

O percurso começou esta manhã na praça do Comércio, em Lisboa, para uma primeira etapa que termina em Leiria. A segunda etapa tem início amanhã, quinta-feira, junto ao estádio de Leiria, pelas 8h30, rumo a Braga, enquanto a terceira etapa se realiza no sábado até Santiago de Compostela.

Imagem da partida da equipa do Projeto SOMA esta manhã, em Lisboa
Imagem da partida da equipa do Projeto SOMA esta manhã, em Lisboa

Entretanto, para garantir a continuidade do projeto de dança integrativa, que nasceu em Leiria em 2013 para proporcionar a jovens e adultos com incapacidade o contacto com o movimento criativo e expressão corporal, está a decorrer a campanha de crowdfunding “Somarkms – 600kms a pedalar pela igualdade na diferença”.

A ADDDL, entidade sem fins lucrativos, propõe-se angariar 3.758 euros até 5 de junho, para custear algumas despesas no próximo ano letivo, incluindo o apoio de um técnico especializado.

Já a maratona de 600 quilómetros de bicicleta conta com o apoio de empresas locais, referem os promotores, que explicam a escolha de Santiago de Compostela por ser um local de fé. “Nós acreditamos no valor do projeto” e “pretendemos mostrar à comunidade que não é apenas mais um projeto mas o projeto no qual vale a pena investir”, acrescentam.

Esclarecem que a dança integrativa envolve pessoas com e sem necessidades especiais, além de promover a inclusão e a diversidade.

Entretanto está agendado para dia 28 de de maio um passeio solidário de BTT a favor do Projeto SOMA e integrado no programa Arena do Desporto. Os participantes poderão realizar um dos três percursos disponíveis (Passeio familiar – 10 km; ritmo moderado – 30 km; ritmo intenso – 45 km). Com partida às 9 horas para todos no jardim Luís de Camões. A inscrição solidária de 5 euros é facultativa.

 

Mais informações sobre o crowdfunding e o projeto podem ser obtidas em https://ppl.com.pt/pt/prj/somarkms.

 

MR