Assinar
Autárquicas 2017

Fernando Costa culpa imprensa pela derrota do PSD em Leiria

Menos um vereador, menos um membro na assembleia municipal e menos três freguesias. Nas autárquicas 2017, a coligação “Juntos por Leiria”, que uniu PSD e MPT, ficou “muito aquém dos objetivos”, admitiu Fernando Costa. Já passava da uma da manhã quando o cabeça-de-lista saiu da sala onde esteve fechado toda a noite e falou aos jornalistas. Tomou para si a responsabilidade da derrota, de não ter feito “chegar a mensagem a tempo” e de não ter conseguido “pôr o PSD de Leiria tão unido quanto desejava”. Mas foi também à comunicação social que imputou parte da responsabilidade pela derrota, tecendo duras críticas pela forma como a sua candidatura foi tratada. “Não tenho dúvida nenhuma em dizer que a imprensa ajudou muito o Raul Castro, muito. Perdemos por culpa nossa e porque a imprensa de Leiria leva ao colo Raul Castro. É uma imprensa submissa”, afirmou. Fernando Costa evocou ainda processos menos claros por parte da candidatura socialista na tentativa de angariar votos, nomeadamente na freguesia de Milagres, em que o candidato social-democrata passou a ser apoiado pelo PS. Esta foi uma das freguesias que o PSD perdeu para o PS, juntamente com Amor e Bajouca. Fernando Costa confessou que “esperava melhor resultado”, mas garantiu que vai assumir o lugar de vereador.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar