Assinar

Mau tempo obriga a adiar a plantação de 70 mil árvores no Pinhal de Leiria

Foi adiada a plantação de 70 mi pinheiros no Pinhal de Leiria e a formação de uma bandeira humana, iniciativas inicialmente agendadas para este sábado, dia 17. Iniciativa decorre domingo, dia 25. 

Foi adiada a plantação de 70 mi pinheiros no Pinhal de Leiria e a formação de uma bandeira humana, iniciativas inicialmente agendadas para este sábado, dia 17. Iniciativa decorre domingo, dia 25. 

“As condições meteorológicas adversas previstas para o próximo fim de semana levaram ao adiamento do evento O Pinhal é a Nossa Bandeira”, anunciou esta tarde a organização.

A plantação e a formação da Bandeira Nacional Humanada está agora agendada para decorrer no próximo domingo, dia 25 de março, mantendo-se o mesmo horário, entre as 9h e as 13 horas.

A organização explica que a decisão de adiar a iniciativa “foi tomada hoje ao final da tarde, após uma reunião com a Proteção Civil Distrital e Municipal da Marinha Grande”.

É que, explica ainda a organização em comunicado, segundo dados da IPMA, “o agravamento do estado do tempo, motivado pela tempestade Gisela, irá colocar o País em alerta laranja a partir de sábado, colocando em causa a segurança de pessoas e bens, e não permitiria a realização da plantação”.

Para já, inscritos mais de 5 mil voluntários de todo o país. Tal como inicialmente previsto, a plantação que irá decorrer no talhão 256 do Pinhal de Leiria (30 hectares), que foi destruído pelo incêndio de 15 de outubro, decorrerá entre as 10 e as 11.30 horas do dia 25 de março, prevendo-se que às 12 horas, seja formada a Bandeira Nacional Humana com chapéus de chuva.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.