Select Page

Nazaré continua com dívidas acima do limite legal previsto, diz relatório

Nazaré continua com dívidas acima do limite legal previsto, diz relatório

Dos 27 municípios a nível nacional cuja dívida total está acima do limite legal previsto, apenas um é da região de Leiria, revela o  relatório sobre a Execução orçamental da Administração Local 2017, divulgado hoje pelo Conselho de Finanças Públicas (CFP). A autarquia da Nazaré detinha uma dívida de 17,2 milhões referentes a pagamentos em atraso no final de 2017.

No documento divulgado, o CFP)afirma que “a despesa por pagar dos municípios apresentou em 2017 uma melhoria global face a 2016”, com uma redução de 104 milhões de euros dos passivos não financeiros, uma redução de 73,5 milhões de euros das contas a pagar e uma redução de 50,6 milhões de euros dos pagamentos em atraso.

Apesar desta evolução favorável, “ocorreram também situações individuais de agravamento”, com três municípios a evidenciarem aumentos superiores a um milhão de euros nos pagamentos em atraso: Macedo de Cavaleiros, Paredes e Penafiel.

Excluindo estas situações, o CFP observa que, no ano passado, o ‘stock’ de pagamentos em atraso manteve-se praticamente estagnado até abril, com quebras nos meses seguintes, que resultaram do pagamento de dívidas anteriormente assumidas por parte de municípios que recorreram ao Fundo de Apoio Municipal (FAM), a empréstimos de saneamento financeiro e à celebração de acordos de pagamento.

Para apoiar municípios com dívidas elevadas, o FAM foi criado em 2014 com contribuições do Estado e dos municípios. Hoje, ronda os 550 milhões de euros e as contribuições municipais deixam de ser exigidas em 2021.

O stock dos pagamentos em atraso totalizou 95,5 milhões de euros no conjunto de 2017, menos 50,6 milhões de euros (35%) do que os 146,1 milhões verificados no ano anterior.

Ainda assim, mais de 90% da dívida vencida e não paga há mais de 90 dias, em 31 de dezembro de 2017, estava concentrada em 19 municípios: Nazaré, Penafiel, Aveiro, Paços de Ferreira, Vila Real de Santo António, Celorico da Beira, Setúbal, Paredes, Alcochete, Tabuaço, Tábua, Ourique, Vila do Bispo, Peso da Régua, Mourão, Macedo de Cavaleiros, Golegã, Machico e Moimenta da Beira.

Cada um destes municípios tinham pagamentos em atraso superiores a um milhão de euros no final de 2017, sendo que a Nazaré, Penafiel e Aveiro eram os que tinham maiores montantes por pagar: 17,2 milhões, 11,9 milhões e 9,1 milhões, respetivamente.

Considerando que o prazo médio que uma entidade leva a pagar os compromissos assumidos permite medir dificuldades de pagamento, o CFP afirma que os municípios que levam mais de três meses a pagar “encontra-se em redução desde 2015”.

 

Recorde-se que a Lei das Finanças Locais (LFL) estabelece que a dívida total do município (que inclui a dívida de entidades participadas pelo município) não pode ultrapassar, em 31 de dezembro de cada ano, 1,5 vezes a média da receita corrente líquida cobrada nos três exercícios anteriores.

Segundo o CFP, entre os 27 municípios que furam esse limite, 15 têm rácios da dívida entre 150% e 225%. Além da Nazaré, integram este grupo de 15 autarquias: Alandroal, Alpiarça, Celorico da Beira, Covilhã, Évora, Freixo de Espada à Cinta, Gondomar, Lamego, Mourão, Reguengos de Monsaraz, Santa Comba Dão, Santarém, Tabuaço e Tarouca.

No final de 2017, Nazaré, Penafiel e Aveiro eram os municípios que tinham maiores montantes por pagar em atraso: 17,2 milhões, 11,9 milhões e 9,1 milhões, respetivamente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que avance, a curto prazo, o processo de regionalização?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Semana de Moldes 2018

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Share This