Select Page

Campeão nacional de down hill, natural de Porto de Mós, morre em acidente de viação

A notícia apanhou todos de surpresa e rapidamente as redes sociais foram invadidas com publicações sobre Marco Fidalgo.

O campeão nacional de down hill, natural de Chão Pardo, concelho de Porto de Mós, faleceu ontem, terça-feira, em Gândaras, Lousã, na sequência de um despiste de motorizada.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro disse à agência Lusa, o alerta para o acidente chegou às autoridades pelas 21h15, tendo acorrido ao local elementos dos Bombeiros Municipais da Lousã, Viatura Médica de Emergência e Reanimação sedeada no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e GNR.

A GNR está a investigar as circunstâncias do acidente.

O atleta, de 38 anos, vivia na zona da Lousã, onde tinha uma empresa ligada aos desportos de aventura e produção de conteúdos multimédia. Era também “embaixador” do Mercedes-Benz Classe X em Portugal.

Começou a fazer btt em 1994 e tornou-se atleta profissional em 2000. Participou em competições internacionais e foi campeão nacional. 

São muitos os atletas e responsáveis desportivos que lamentam a sua morte. Na página da Federação Portuguesa de Ciclismo, Marco Fidalgo também é recordado. “Apaixonou-se pela adrenalina do DHI, afirmando-se como um dos mais carismáticos praticantes portugueses desta disciplina. Nós últimos anos também deu cartas no enduro BTT. A Federação Portuguesa de Ciclismo lamenta o falecimento de Marco Fidalgo, enviando as mais sentidas condolências aos familiares e amigos”, pode ler-se.

Também alguns órgãos de comunicação social internacional ligados ao down hill e ao BTT estão a noticiar a morte de Marco Fidalgo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a criação do Museu Salazar?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This