Assinar Edições Digitais

Aviões de caça dos Estados Unidos treinam missões a partir de Monte Real

Cerca de duas dezenas de F16 e 300 militares vão estar até dia 22 de fevereiro na Base de Monte Real a realizar missões de treino, em conjunto com os militares da Força Aérea Portuguesa ali sediados.

Chegaram na passada quinta-feira e vão estar na região até 22 de fevereiro.

Cerca de 300 militares e 18 F16 da Força Aérea dos Estados Unidos da América aterraram na Base Aérea Nº5, em Monte Real, e vão realizar missões de treino, juntamente com as esquadras de voo da Força Aérea Portuguesa.

Este é mais um exercício de treino internacional, semelhante aos que têm acontecido na base de Monte Real nos últimos anos. Por exemplo, em janeiro, o Destacamento Winter Hide da Real Força Aérea da Dinamarca esteve com 150 militares a desenvolver missões de treino.

Com o destacamento norte-americano em Portugal, a atividade aérea na região, e em todo o território nacional, deverá intensificar-se nas próximas semanas e “permitirá a troca de experiências entre os vários militares, de forma a melhorar a interoperabilidade entre as esquadras de ambos os países”, refere o Estado Maior das Forças Armadas português.