Select Page

Encontro Internacional de Contadores de Histórias na Batalha, Leiria, Marinha Grande e Pedrógão Grande

Dez contadores de cinco países participam na primeira edição do Encontro Internacional de Contadores de Histórias, que decorre nos concelhos de Leiria, Batalha, Marinha Grande, Pedrógão Grande e Torres Novas, entre 17 e 24 de fevereiro.

A organização é do grupo de teatro “O Nariz”, de Leiria, e junta contadores da Argentina, Brasil, Cabo Verde, São Tomé e Portugal.

Ao longo de uma semana, as histórias vão chegar desde a pequena aldeia de A-do-Freire, em Torres Novas, no distrito de Santarém, onde a população é maioritariamente idosa, às crianças de muitas escolas do distrito de Leiria, nos concelhos de Leiria, Marinha Grande, Batalha e Pedrógão Grande.

Para o início e final do encontro estão agendados espetáculos em auditórios de maior dimensão, na Batalha e Leiria.

“Cada um vai trazer as suas histórias, dos seus países, para dar a conhecer às pessoas outras realidades, além daquela a que estão habituadas”, explica Vitória Condeço, d’”O Nariz”.

Nos dois anos anteriores, o grupo de teatro promoveu encontros semelhantes, pensados sobretudo para a população escolar. Em 2019, o encontro ganha caráter internacional, chega a novas geografias e outros públicos, mas não esquece a importância das histórias para o imaginário dos mais novos, que terão quatro dias de programação exclusivamente dedicados:

“Vão ser quatro dias intensos, com muitas histórias, que vão chegar às escolas dos grandes agrupamentos, mas também às mais pequenas escolinhas, que estão em sítios remotos no interior”, destaca Vitória Condeço.

A maior parte dos contos do Encontro Internacional de Contadores de Histórias chegam aos dias de hoje através da tradição oral e serão partilhados por Rodolfo Castro (Argentina), Adriano Reis (Cabo Verde), Thomas Bakk (Brasil), Angelo Torres (São Tomé e Príncipe) e os portugueses Jorge Serafim, José Craveiro, Bru Junça, Liliana Gonçalves, Luís Mourão e Pedro Oliveira.

A organização espera levar histórias a cerca de 2.500 espectadores, entre público escolar e regular, e também crianças com necessidades especiais.

Fevereiro

Dia 17 (domingo)
15 horas – A-do-Freire (Torres Novas), com Jorge Serafim
18 horas – Auditório Municipal da Batalha, com Jorge Serafim e Adriano Reis
 
Dias 18, 19, 20, 21 e 22 (segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira)
Manhã e tarde – escolas de Leiria, Marinha Grande e Pedrógão Grande, com Jorge Serafim, Bru Junça, Adriano Reis e Rodolfo Castro
 
Dia 23 (sábado)
16 horas e 21h30 – Teatro Miguel Franco (Leiria), com Adriano Reis, Ângelo Torres, José Craveiro, Rodolfo Castro e Thomas Bakk. A sessão da tarde é destinada a famílias (M/6), a da noite para público adulto (M/12). Bilhetes à venda aqui
 
Dia 24  (domingo)
15 horas – Associação Casa do Mimo ( Batalha), com Ângelo Torres

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a classificação do património do cemitério de Leiria?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This