Select Page

Catarina Lopes é a primeira treinadora de uma equipa masculina em Leiria

A estreia de Catarina Lopes ao comando de uma equipa sénior masculina será feita este domingo em casa. A treinadora é a primeira mulher a orientar uma equipa de homens na distrital de Leiria, a Associação Beneditense Cultura e Desporto (ABCD), mas o fator novidade não a assusta.

“Conversei ontem [terça-feira] pela primeira vez com a equipa e senti os jogadores motivados e um clima muito positivo, de atitude e compromisso. Disse-lhes que se acreditassem em mim que me acompanhassem até ao campo para treinar. Não ficou ninguém no balneário”, diz a jovem treinadora de 24 anos.

Pela frente, Catarina não tem tarefa fácil. O Beneditense luta para não descer de divisão e a cinco jornadas do fim, a treinadora acredita que pode conquistar os 12 pontos que garantem a manutenção. “Se não acreditasse, não teria aceite”, afirma.

Catarina Lopes conhece bem o clube: foi lá que deu os primeiros toques na bola, entre os 6 e os 13 anos, o pai, Luís Lopes, é o presidente da direção desde 2002, treina os iniciados masculinos há cinco anos e ainda é a coordenadora do futebol do emblema da Benedita.

O desafio de treinar os seniores surgiu no domingo passado, após a nona derrota consecutiva da equipa. “O meu pai tinha o hábito, na brincadeira, de passar por mim no campo e dizer ‘Catarina, prepara-te que ainda vais assumir os seniores’ e eu dizia que sim. No domingo chamou-me para dizer que a equipa técnica tinha saído perguntou-me se a minha intenção de treinar os seniores continuava de pé”, conta.

Jogadora do GD A-dos-Francos, Catarina vai ter um fim de semana agitado. No sábado à tarde joga na Liga de futebol feminina, no domingo de manhã orienta os iniciados e à tarde senta-se no banco para comandar os seniores.

Mas o tempo livre começa a escassear. A braçadeira de treinadora vai retirar-lhe tempo e, até ao final da época, só se a agenda permitir, como é o caso este fim de semana, é que vai jogar pelo A-dos-Francos.

Mestre em Educação Física, Catarina assume ainda funções técnicas na seleção sub17 feminina de Leiria que, na próxima semana, está no Torneio Interassociações em Évora.

Há outro objetivo até ao final da época. O Beneditense é o detentor da Taça do Distrito de Leiria e vai bater-se com o “invencível” At. Marinhense nas meias finais da prova (dia 19), antecipando o que bem poderia ser uma final. “Não vai ser fácil”, adianta.

Nos últimos dias, Catarina desdobrou-se em entrevistas e comentários sobre a sua nova função e por ser novidade ter uma mulher a treinar homens, mas a própria desvaloriza. “O essencial é que não importa o género mas sim a competência que posso trazer à equipa. Espero que a minha atitude ajude a mudar mentalidades e ajude mais mulheres a trabalhar para terem mais oportunidades nesta área ainda tão dominada por homens”, defende.

Marina Guerra
Jornalista
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Catarina Lopes tem 24 anos e este será o primeiro projeto na carreira no comando de uma equipa sénior masculina

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A Câmara de Leiria deve transferir, a partir de 2020, a Feira de Maio para uma nova localização?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Share This