Select Page

Boa Cama, Boa mesa: Região tem 26 das melhores opções do país para comer bem

Na publicação especializada e recém-lançada foram listados nove restaurantes a mais do que em 2018 no distrito de Leiria, sendo dois deles inéditos

Nas Cortes, Casa da Nora mantém-se por mais um ano como sugestão

A nova edição do guia Boa Cama, Boa Mesa, do jornal Expresso, foi publicado este mês e as notícias não podiam ser melhores para o distrito de Leiria: ao invés dos 18 restaurantes listados como sugestões para bons momentos à mesa no ano passado, foram acrescidos nove estabelecimentos em 2019, dos quais dois são completamente novos na menção.

Ao todo constam 26 negócios – espalhadas por 14 municípios –, nos quais os jornalistas da publicação recomendam a experiência gastronómica, indo desde citação de pratos específicos das emeO Convite e Tia Alicentas até propostas de brindes para acompanhar. Somam-se a esses ainda os dois espaços de Ourém que permanecem, leia-se .

Sediados no concelho de Leiria, o Casa da Nora, o Casinha Velha e o Puttanesca mantêm o destaque do ano anterior, tal como o tradicional António Padeiro, em Alcobaça, o Manjar do Marquês, em Pombal, a Tasquinha D. Maria, em Porto de Mós, e o Solar dos Amigos, na aldeia de Guisado, concelho de Caldas da Rainha.

Na Batalha deixa de existir o selo de garantia de qualidade, um destaque especial do guia, mas o Mosteiro do Leitão e o Burro Velho continuam elencados na lista geral. Por outro lado, Caldas da Rainha e Peniche reinam com a classificação de realce, com dois restaurantes galardoados cada. São eles o Adega do Albertino, o Sabores D’Itália, a Marisqueira Mirandum e o Nau dos Corvos, respetivamente. Além dos dois últimos, Peniche retém ainda a representação da Tasca do Joel, feito não alcançado, porém, com o Em Banho Maria, localizado na Serra d’El Rei e desconsiderado este ano.

O Dom José, no Bombarral, e o Aki-D’el-Mar, na Nazaré, seguem pelo mesmo caminho na chancela de diferenciação. A oferta da vila à beira mar, aliás, empata com Leiria ao somar ainda três destaques: A Celeste, o Taberna da Adélia e o Taverna do 8 ó 80.

As grandes novidades do guia ficam por conta do Taberna Marginal, em São Martinho do Porto, e do The History Man, em Óbidos. O primeiro exibe a referência de comida com influências do mundo, em especial África, Brasil e Peru. Já o segundo ganha apresentação pelo bom trato dos grelhados, com ênfase, sobretudo, na “longa lista de petiscos”, a exemplo das enguias fumadas em pinho.

Já mencionados em edições anteriores, voltam a ilustrar o trabalho atual o Casa do Ensaio, em Ansião, o Estrela do Mar, em São Pedro de Moel, o Raízes, nas Caldas da Rainha, o Taberna do Ferrador, em Pedrógão Grande, e o Varanda do Casal, em Figueiró dos Vinhos. 

O guia é vendido em banca e também online pelo custo de 12,90 euros.

 

Jessica Germano
Jornalista
jessica.m.germano@regiaodeleiria.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Relatório do Parlamento propõe estudar quotas em universidades para negros e ciganos. Concorda?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This