Select Page

Congresso quer estimular novos projetos e novas práticas de entendimento e inclusão

Foto: Freepik

Um dia dedicado à reflexão e debate da educação inclusiva. É essa a proposta do Jardim-Escola João de Deus de Leiria e da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria (ESECS) ao promoverem, esta quinta-feira, 23 de maio, o congresso “Culturas do Acolhimento e do Entendimento – Contextos Diversos para a Inclusão”.

Ao longo de todo o dia, no auditório grande da ESECS, investigadores, entidades promotoras de apoio e de defesa dos direitos humanos e de integração, bem como profissionais da educação e da saúde, analisam os diferentes ângulos da inclusão, do social ao cultural, passando pelo educacional e económico.

Do debate pretende-se que emerjam “novos projetos e novas práticas de integração, nas quais a aceitação, o entendimento e a inclusão são verdadeiros imperativos”, refere a organização em comunicado.

O acolhimento aos participantes é feito a partir das 9 horas. Após a sessão de abertura, o painel 1 lança a reflexão em torno da questão “Que migrações? Contexto europeu e português”. Ainda de manhã, o tema “Acolhimento, entendimento, inclusão: que desafios?” dá vida ao segundo painel.

Já da parte da tarde, discute-se, no painel 3, “Erasmus + – Projeto HESTIA – Helping Students in Acceptance”, no painel 4, “Práticas Inclusivas na Comunidade”, no painel 5, “Práticas Inclusivas em Contexto Educativo”, e no painel 6, “Práticas Inclusivas em Contexto Não Formal”. A sessão de encerramento está marcada para as 17h30.

O programa e a lista de completa de oradores pode ser consultada aqui: https://culturasdoacolhime.wixsite.com/culturasacolhimento.

A participação no congresso é gratuita e corresponde a formação certificada.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

As autarquias deveriam aplicar coimas aos feirantes pelo lixo deixado no recinto dos mercados de rua?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo