Assinar
Cantinho dos Bichos

Crianças escrevem livro para combater abandono animal

Obra foi escrita e desenhada pelos 22 alunos do Centro Escolar de Monte Redondo, em Leiria, e receita vai beneficiar duas associações de proteção animal do concelho.

Há uma gaiola com um pássaro, um aquário com tartaruga e peixes, um grilo e bichos da seda. O canto dos animais na sala de aulas da Turma 2 do 2º ano do Centro Escolar de Monte Redondo é diversificado e os alunos queriam acolher ainda alguns dos cães abandonados que circulavam nas ruas da freguesia. A vontade revelou-se infrutífera mas serviu de mote para o concurso nacional “Conta-nos uma história”, da DGEST, com o tema Educação para a Cidadania. “Fizemos uma gravação em áudio mas a história tinha mais de cinco minutos e com um texto tão bonito e inocente, precisávamos de mostrar a história a outras pessoas e ajudar os animais”, conta Sofia Sousa, professora que conduziu o trabalho. “Naturalmente os alunos perceberam que o número de casos de abandono era grande e que era preciso  fazer algo pelos animais”, acrescenta. Do podcast ao livro “Cãopanheiro” foi um salto e os 22 alunos puseram mãos à obra: construíram o texto, ilustraram cada passo da história e até votaram, em assembleia, o nome do cão. “Isto também é educação para a cidadania. Trabalhámos as  competências dentro e fora de aula, fizemos as contas de quantos livros teremos que vender para chegar ao nosso objetivo –  1.000 euros para cada associação -, aprendemos os números até ao mil, uma meta do 2º ano, trabalhámos os trocos,…”, conta a professora. “O que seria um simples concurso, deu mil e uma voltas e de uma semente muito pequena, extravasou a sala de aula e tornou-se num projeto de toda a comunidade que envolveu alunos, pais, empresas locais,… Parece que temos um novo brinquedo”, afirma. O livro foi apresentado na sexta-feira, dia 14, na festa de encerramento do ano letivo do Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel, Carreira, e vai estar à venda (8 euros) na escola, papelarias e posto de correios de Monte Redondo. A totalidade da receita será atribuída às associações Zoófila de Leiria e Desprotegidos  – Animais em Risco. A obra vai também ser oferecida a todos jardins de infância e escolas de 1º ciclo da rede pública do concelho de Leiria. Marina Guerra Jornalista marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.