Assinar Edições Digitais

Rio Lis está a ficar mais limpo

Autarquia está a realizar uma ação de limpeza que deverá prolongar-se nos próximos meses.

Fotos: Fernando Rodrigues

Se passou no centro de Leiria e viu uma máquina dentro do rio, não se assuste. Não está a imaginar coisas. As intervenções de limpeza na zona ribeirinha do rio Lis, na área urbana , tiveram início ontem, segunda feira, e irão estender-se aos próximos meses.

O plano de trabalhos, revelou a autarquia, irá contemplar “todo o sistema seminatural que percorre a cidade” devido à necessidade de controlar a presença de plantas aquáticas consideradas como espécies invasoras, bem como “proceder à eliminação de material sedimentar acumulado em locais indesejados e que obstruem o normal fluir do rio”.

Segundo a Câmara Municipal de Leiria, são necessárias ações prioritárias entre a ponte Hintze Ribeiro e o açude da Fonte Quente, tendo em vista o fecho do mesmo, embora não permanentemente durante o verão.

Irão também ser removidos resíduos, troncos e ramos presentes no leito do rio.

As margens do rio lis também vão ser “revitalizadas” e removidas as árvores mortas e, na altura mais adequada a cada espécie, será feita a poda de regeneração ou cortes de formação.

Relativamente às plantas aquáticas presentes, a nota da autarquia acrescenta que estas não irão ser removidas na sua totalidade, pois assumem um papel ecológico importante na limpeza da água e servem de refúgio para as espécies piscícolas.