Quantia furtada foi toda recuperada e restituída ao proprietário Foto: GNR

Uma mulher de 69 anos terá furtado 2.235 euros de uma loja em Pelariga, concelho de Pombal, aproveitando-se da distração de um funcionário.

O dinheiro encontrava-se em local destinado à sua ocultação para ser posteriormente depositado no banco. O funcionário deu pela sua falta quando se preparava para ir ao banco, tendo alertado as autoridades depois de analisar as imagens captadas através do sistema de videovigilância da loja, adianta a GNR em comunicado.

O caso ocorreu na terça-feira no estabelecimento de venda a retalho Tuttipromo, tendo a GNR conseguido identificar e localizar a suspeita através das mesmas imagens.

Ao ser abordada por militares junto da sua residência, em Almagreira, “esta assumiu de imediato a autoria do furto”, refere o mesmo comunicado.

O dinheiro foi todo recuperado e já restituído ao proprietário.

O processo segue para o Tribunal Judicial de Pombal.