Na segunda semana de agosto, uma descarga de efluentes no rio Lis, proveniente da ETAR do Coimbrão, contaminou as águas balneares da Praia da Vieira. Os banhos foram inclusivamente desaconselhados.

Perante a gravidade da situação, o REGIÃO DE LEIRIA pediu para visitar a ETAR e perceber o que se tinha passado. Ficámos a saber que o risco era conhecido e o que falhou para que a descarga fosse evitada.

Contamos-lhe tudo na edição desta semana, disponível nas bancas ou aqui na loja online.