Select Page

António Sales escolhido para secretário de Estado da Saúde

O socialista António Sales, reeleito deputado pelo círculo de Leiria nas eleições legislativas de 6 de outubro, foi escolhido para integrar a equipa de Marta Temido reconduzida no cargo de ministra da Saúde.

António Sales vai ser nomeado secretário de Estado da Saúde, convite que, assume, “não estava à espera” mas que, atendendo à sua ligação à área da Saúde, aceitou. “Estou ao serviço do país e do Governo”, disse esta segunda-feira ao REGIÃO DE LEIRIA, reconhecendo que se trata de uma pasta “muito difícil”.

Como grandes eixos de atuação, o novo secretário de Estado diz ter “a humanização dos serviços e a melhoria de condições de trabalho dos profissionais de saúde, indo ao encontro do que são as expectativas das pessoas”.

António Sales é presidente da Federação Distrital do PS desde março de 2016 e foi um dos três únicos candidatos efetivos da lista por Leiria com experiência no Parlamento. Médico ortopedista, tem 57 anos e é natural do Bombarral. Foi presidente da Assembleia de Freguesia de Leiria e da Comissão Concelhia de Leiria do PS. No Parlamento, coordenou, na última legislatura, a Comissão Parlamentar de Saúde e integrou as Comissões de Assuntos Europeus e de Defesa Nacional.

Com a saída de António Sales para o Governo, sobe a deputada Sara Velez, o quinto elemento da lista por Leiria. Socióloga, 45 anos, é atualmente “head of digital production” numa Agência Criativa. Foi formadora em diferentes áreas, nomeadamente na Cidadania, Segurança no Trabalho, Comunicação, Relações Públicas e Marketing, e consultora de projetos apoiados pela Comissão Europeia em sede de candidatura, acompanhamento e execução. Foi dirigente do PS ao nível da concelhia, distrital e nacional, e autarca no concelho das Caldas da Rainha. Exerceu funções públicas nos gabinetes do Governador Civil de Leiria, do Secretário de Estado da Proteção Civil e da Secretária de Estado da Administração Interna.

Do Governo que agora tomará posse constam ainda outros dois nomes com ligações a Leiria.

Catarina Sarmento Castro, filha do socialista Osvaldo Castro, vai integrar a equipa do Ministério da Defesa Nacional, assumindo a Secretaria de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, enquanto Eduardo Pinheiro, com ligações a Pombal, assume a Secretaria de Estado da Mobilidade no Ministério do Ambiente.

Catarina Sarmento Castro, antiga juíza do Tribunal Constitucional (2010-2019), é professora na Faculdade de Direito de Coimbra desde 1994.

Antes de chegar ao Palácio Ratton, foi assessora do Ministério da Administração Interna entre 1995 e 1997, integrou a Comissão Nacional de Proteção de Dados, foi assessora do gabinete do presidente do Tribunal Constitucional e assessora da Secretaria de Estado da Modernização Administrativa, sempre em governos do PS.

Tem vários livros públicos, entre eles “Direito da Informática, Privacidade e Dados Pessoais” (2005) e “A Questão das Polícias Municipais” (2003).

Desde 2002, quando PSD e o CDS estiveram no Governo, que não existia uma secretaria de Estado dos Antigos Combatentes.

Já Eduardo Pinheiro, de 40 anos, era vice-presidente da Câmara de Matosinhos. O pombalense tem assumido na autarquia as pastas do Planeamento e Ordenamento do Território; Gestão e Fiscalização Urbanística; Reabilitação Urbana; Finanças e Património. Começou por ser número dois de Guilherme Pinto e mais recentemente de Luísa Salgueiro, atual presidente da Câmara de Matosinhos.

António Sales

Sara Velez

Catarina Sarmento Castro

Eduardo Pinheiro

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo