Entre os animais resgatados, contam-se quatro cachorros Foto: GNR

A GNR resgatou na quarta-feira 43 cães sujeitos a maus tratos na localidade de Pó, concelho de Bombarral.

Os animais, entre os quais quatro cachorros, encontravam-se num canil, “distribuídos por nove compartimentos, sem condições higienossanitárias, sem qualquer tipo de assistência médico-veterinária”, revela a GNR em comunicado, acrescentando que a superfície do alojamento estava “coberta de dejetos”.

O proprietário do espaço onde os cães foram encontrados, de 61 anos, foi identificado e constituído arguido por suspeita do crime de maus tratos a animais de companhia.

A ação, que contou com o apoio do Município de Bombarral, decorreu no âmbito de uma fiscalização ao canil, “construído ilegalmente sem a autorização de funcionamento”.

A GNR, através do Posto Territorial de Bombarral e do Núcleo de Proteção Ambiental de Caldas da Rainha, apurou ainda que “os animais não tinham identificação por método eletrónico (CHIP), vacina anti-rábica, além do incumprimento das normas do bem estar animal”.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Caldas da Rainha.