Mais de 470 toneladas de resíduos elétricos e eletrónicos foram recolhidas no último ano letivo a nível nacional

Mais de 29 toneladas de resíduos elétricos e eletrónicos (REE) foram recolhidas no último ano letivo por 27 escolas do distrito de Leiria, que contribuíram com mais de 6% do volume de recolhas a nível nacional.

O Centro Escolar de Alcobaça e a Escola Básica e Secundária Fernão do Pó, do Bombarral, angariaram, só por si, mais de 10 toneladas para reciclagem, naquela que foi a 11ª edição da campanha Geração Depositrão.

A iniciativa, dinamizada pela Erp Portugal- Associação Gestora de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos, conta com a colaboração da ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, através do Programa Eco-Escolas, permitiu a nível nacional recolher mais de 470 toneladas de REE e pilhas usadas.

Já no distrito de Santarém, a Escola Básica e Secundária de Ourém destacou-se na recolha de pilhas e foi premiada pela criação de um brinquedo com material reciclado a que deu o nome de “aranhiço”, no âmbito da atividade “Upcycling: Constrói o teu brinquedo utilizando REEE”.

Para a construção do “aranhiço”, os alunos utilizaram “um pequeno motor DC, retirado de uma impressora, um suporte de pilhas, retirado de um brinquedo velho, alguns fios condutores de cobre, um botão ON/OFF retirado de uma máquina de café, solda e cola quente”.

Foi posteriormente realizada “a estrutura em fio de cobre grosso, colada uma pequena chapa metálica na qual assentou o suporte de pilhas e realizadas as respetivas ligações elétricas”, lê-se na descrição do projeto, desenvolvido sob a coordenação do professor Tiago Castelão.

Brinquedo desenvolvido por alunos da EB/S de Ourém é um dos três projetos premiados no escalão  “ensino secundário, profissional, superior”  Foto: EB/S Ourém