Select Page

EDP vai reforçar iluminação no parque do Avião

Câmara de Leiria pretende alargar videovigilância ao parque do Avião. Foto: Fernando Rodrigues

A EDP Distribuição informou na passada terça-feira, 5 de novembro, estar a desenvolver as ações necessárias para melhorar a iluminação do campo de jogos e do Skate Park, situados no parque do Avião, em Leiria.

Na sequência do alerta lançado na última reunião da Assembleia Municipal de Leiria, a 28 de outubro, pelo cidadão Patrício Gaspar e das declarações do presidente da Câmara, segundo as quais o reforço da iluminação ao longo do percurso Polis dependia de autorizações da EDP, fonte oficial da empresa adiantou que “validou, em tempo oportuno, todos os projetos de alteração da rede de iluminação do circuito Polis, da competência do Município de Leiria”.

A empresa acrescenta estar a aguardar neste momento “pelo arranque das obras para prestar o respetivo acompanhamento no que diz respeito à indicação dos pontos de ligação da iluminação do circuito Polis à rede elétrica de serviço público”.

A instalação de câmaras de vigilância no parque da cidade (parque do Avião) é uma das medidas que o Município de Leiria poderá incluir na proposta de alargamento do sistema a outros pontos da cidade e que está para análise na Secretaria de Estado do Ministério da Administração Interna.

Afirmando a segurança como uma das prioridades da autarquia, Gonçalo Lopes, presidente da Câmara, frisou na sessão da Assembleia Municipal que a videovigilância “não substitui” a ação da PSP, mas “é uma ajuda” face “às dificuldades que a PSP tem em termos de recursos humanos, nomeadamente de noite”.

A videovigilância “veio dar algum sinal de tranquilidade e ajuda a reprimir alguns atos”, acrescentou em resposta ao alerta do munícipe Patrício Gaspar, que deu conta da ocorrência de vários atos de vandalismo e de desacatos naquele espaço.

A falta de iluminação, nomeadamente junto ao Skate Park, o uso abusivo do avião para onde “trepam” crianças e adultos, a ausência de informação acerca da história da aeronave e o caos que é a circulação rodoviária na rua Comissão de Iniciativa, que “mais parece hoje uma via de cintura interna”, foram outros problemas sinalizados por Patrício Gaspar que pediu à autarquia para não se esquecer do “lado de lá do rio”.

Sobre o avião, Gonçalo Lopes referiu que será analisada a divulgação da sua história e a definição de medidas que restrinjam a sua utilização abusiva. Já para a rua Comissão de Iniciativa, adiantou não estarem previstas alterações, sendo que qualquer intervenção “terá que ser sempre analisada no contexto da requalificação da Heróis de Angola”, um trabalho que ainda está a decorrer.

MR

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo