Indiciado da prática de vários crimes de roubo agravado, nos meses de outubro e novembro, em Valado dos Frades, Alcobaça e Caldas da Rainha, um dos quais na forma tentada, um homem, de 43 anos, ficou em prisão preventiva, após primeiro interrogatório judicial.

No passado dia 30 de novembro, o Ministério Público apresentou o suspeito a primeiro interrogatório judicial, estando este indiciado da prática de vários crimes de roubo agravado, um dos quais na forma tentada, informa a página da Procuradoria da República da Comarca de Leiria.

Os factos da investigação, dirigida pelo Ministério Público da 1ª Secção das Caldas da Rainha do DIAP de Leiria, com a coadjuvação do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária, foram cometidos nos meses de outubro e novembro passados. Os casos decorreram em Valado dos Frades, Alcobaça e Caldas da Rainha, “tendo ocorrido no interior de uma habitação e em estabelecimentos comerciais, com recurso a arma de fogo, que o arguido empunhava e exibia às vítimas, para que estas lhe entregassem dinheiro e bens de valor”, nomeadamente objetos em ouro e telemóveis.

Presente ao juiz, o arguido irá aguardar julgamento em prisão preventiva.