A Câmara de Alcobaça vai investir 4,7 milhões de euros na transformação do atual pavilhão de feiras num espaço multiúsos com capacidade para cinco mil pessoas e que irá servir toda a região do Oeste, anunciou o autarca.

“É uma das maiores empreitadas previstas para o concelho, que deverá ser lançada ainda antes do verão, criando uma estrutura de que toda a região está ávida”, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio (PSD).

A obra, cujo lançamento foi na segunda-feira aprovado pelo executivo, contempla a requalificação do atual pavilhão de feiras e exposições, o MercoAlcobaça, num pavilhão multiúsos “com capacidade para receber feiras, congressos, concertos e eventos desportivos”, explicou o autarca, sublinhando não haver “nos concelhos vizinhos um equipamento desta dimensão”.

O novo pavilhão, “com capacidade para receber até cinco mil pessoas em pé”, será dotado de um auditório, camarotes, gabinetes, balneários, um terraço, um espaço ‘lounge’ e 370 lugares de estacionamento”, disse o presidente da câmara do distrito de Leiria.

A obra, orçada em 4,7 milhões de euros, “deverá ser lançada antes do verão e terá um prazo de execução de ano e meio”, acrescentou Paulo Inácio.

O novo espaço ficará situado na Avenida Professor Engenheiro Joaquim Vieira Natividade, atualmente em processo de requalificação, num investimento de cerca de dois milhões de euros para “dignificar uma das principais entradas da cidade”, disse ainda.

O autarca estima que a intervenção na avenida esteja concluída em agosto, aquando das comemorações do dia da cidade, “nessa altura já com a obra do pavilhão em curso”, sendo a tradicional Feira de S. Bernardo transferida temporariamente para outra zona daquele concelho do distrito de Leiria.

As duas obras têm assegurada uma comparticipação comunitária na ordem dos 85%, valor que no caso do pavilhão Paulo Inácio acredita que possa ainda ser majorada.

Lusa