Mil e 300 presépios podem agora ser apreciados em Fátima, num novo espaço museológico da Fraternidade dos Franciscanos Capuchinhos que abriu portas a 4 de janeiro.

Divida em cinco núcleos, a coleção “Evangelho da vida” apresenta referências ao Holocausto, aos atentados às Torres Gémeas ou o abandono de idosos, numa outra chave de leitura e de referência para a vida.

Ali encontram-se ainda muitos presépios portugueses, numa gruta central, e também exemplares do mundo inteiro.

A 28 de março será constituído oficialmente o grupo de amigos do presépio que terão como missão contribuir também para manter o espaço disponibilizado pela Província Portuguesa da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos e que não contou com apoios.

Lucília Oliveira