Ambiente, frutas e legumes concentram a atenção de mais de meia centena de empresas da região nos próximos dias, na Alemanha, onde decorrem feiras mundiais do setor.

Desde ontem, terça-feira, que Portugal, através da Portugal Fresh – Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de Portugal, que representa mais de 4500 produtores portugueses, está na Fruit Logistica em Berlim. O certame é considerado como um dos maiores do mundo, com 78 mil visitantes de 140 países, e a Alemanha é dos principais importadores de frutas, legumes e flores da União Europeia e o quinto destino das exportações portuguesas destes produtos, depois de Espanha, França, Holanda e Reino Unido, avança em nota de imprensa a Portugal Fresh.

Na Fruit Logistica, que dura até sexta-feira, dia 7, marcam presença algumas empresas da região, como a Hortapronta, Frutas Classe, Granfer, Alitec ou associações como a APMA (Associação dos Produtores de Maçã de Alcobaça) e a ANP (Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha)

“A Alemanha é um destino estratégico para as exportações de frutas, legumes e flores e tem aumentado, todos os anos, a compra de produtos portugueses, com destaque para os pequenos frutos e para a pera rocha. Mas estas feiras internacionais são também um palco privilegiado para contactar clientes oriundos de outras geografias e para mostrar o potencial da nossa produção, cada vez mais diversificada”, sublinha Gonçalo Santos Andrade, presidente executivo da Portugal Fresh.

Também na Alemanha, a partir de sexta-feira e até dia 11, Leiria está envolvida na participação conjunta portuguesa na Feira Ambiente, uma das maiores da fileira casa a nível mundial. A Associação Empresarial da Região de Leiria (NERLEI) apoia 60 empresas nacionais integradas no projeto e outras 26 participam individualmente.

Este é o 20º ano em que a NERLEI organiza a presença de empresas no certame e dinamiza, pela primeira vez e em parceria com a AICEP, um stand de Portugal, sob a insígnia “Made in Portugal Naturally”.

Este stand, com 112 metros quadrados, tem a curadoria do designer portuense Miguel Costa Cabral e tem como conceito a recriação de diversos ambientes de uma casa – cozinha, sala de estar e de jantar – decorados com peças das empresas portuguesas presentes na feira.